UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 02 de Fevereiro de 2023

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: PHELLIPE CUNHA DA SILVA
13/08/2018 08:47


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PHELLIPE CUNHA DA SILVA
DATA: 31/08/2018
HORA: 10:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: (INTER) AÇÕES ENTRE HOMEM E NATUREZA EM CIDADES MÉDIAS E PEQUENAS
PALAVRAS-CHAVES: Cidade média; Cidade pequena; expansão urbana; ambiente natural.
PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

As cidades médias têm ganhado destaque no cenário nacional, principalmente, quanto ao potencial de desenvolvimento socioeconômico que elas representam para uma determinada região. Nesta tese, o foco principal são as interrelações existentes entre as populações residentes na cidade média (Itabaiana-SE) e na cidade pequena (Amparo de São Francisco-SE), de modo a destacar suas vivências e interações com o meio ambiente natural que as cercam. Na perspectiva de defender a tese de que independentemente do tamanho das cidades, sejam grandes, médias ou pequenas, nelas há uma necessidade intrínseca por parte dos moradores em se aproximar dos elementos naturais, como forma de lazer, visto que os mesmos perdem espaços naturais para a construção de grandes e pequenos empreendimentos nas cidades para a satisfação de governantes ou empresários que buscam implantar condomínios e conjunto habitacionais que são políticas de investimentos socioeconômicos. Por conseguinte, a referida pesquisa tem a hipótese de que as interações homens e natureza independem do tamanho da cidade sejam elas médias ou pequenas e são essenciais para o convívio harmonioso com a natureza, promotora de bem-estar. Como há uma maior interação entre as pessoas que circulam nas cidades quando essas ampliam os seus aspectos socioeconômicos de modo que se distanciam do meio ambiente e para tanto o objetivo central é analisar as interações das pessoas com o meio ambiente levando em consideração as cidades denominadas de média e pequena em relação às suas aproximações e distanciamentos da natureza. Neste sentido, é importante evidenciar que as cidades vão crescendo e se desenvolvendo, tanto no sentido populacional quanto no aspecto socioeconômico em expansão urbana carecendo em suas territorialidades um planejamento urbano para o referido desenvolvimento das cidades.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1517885 - CESAR HENRIQUES MATOS E SILVA
Externo ao Programa - 2203912 - FERNANDO ANTONIO SANTOS DE SOUZA
Externo ao Programa - 426626 - HELIO MARIO DE ARAUJO
Interno - 2273536 - LAURA JANE GOMES
Presidente - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES
Externo à Instituição - PEDRO ALVES DA SILVA FILHO
Externo à Instituição - SÉRGIO LUIZ LOPES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2023 - UFRN v3.5.16 -r18291-d8b5d91c4a