UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: FERNANDA SANTOS CARVALHO DOS ANJOS
08/08/2018 16:20


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA SANTOS CARVALHO DOS ANJOS
DATA: 24/08/2018
HORA: 09:00
LOCAL: miniauditório do P²CEM
TÍTULO: SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS À BASE DE QUITOSANA – APLICAÇÃO EM ADSORÇÃO DE PROTEÍNAS.
PALAVRAS-CHAVES: quitosana. modelos cinéticos. proteínas.
PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

As quitosanas têm diversas características interessantes como a biocompatibilidade, biodegrabillidade, uma boa bioaderência e afinidade celular. A presença de grupos de aminas primárias (-NH2) e hidroxila (-OH) na quitosana facilita sua modificação utilizando citratos, polifosfatos, organosilanos, entre outros. Neste trabalho membranas de quitosana foram modificadas com citrato (CIT), tripolifosfato (TPP) e 3-amino-propiltrimetoxisilano (APTES) para aplicação em sorção de proteínas. A caracterização dos materiais foi realizada por FTIR, MEV, TG/DTG, DSC e DRX. As membranas foram sintetizadas com sucesso e permaneceram estáveis durante os testes de sorção. Foram obtidos e avaliados dados de isotermas de sorção da albumina sérum bovina (BSA) em soluções com diferentes pH e temperaturas. Alguns modelos matemáticos foram utilizados para avaliar as características cinéticas da sorção do BSA sobre os materiais. Para as análises estatísticas foram utilizados o desvio padrão e o chi-quadrado. O modelo cinético de ordem variada foi o que apresentou a melhor correlação entre os valores teóricos e experimentais da sorção da BSA. Os valores das constantes de sorção de ordem variada (kn) apresentaram-se entre 0,0002 e 264,91 min-1 e os valores das constantes n apresentaram-se entre 0,142 e 1,492 min-1. O modelo cinético de Morris-Weber sugeriu que a difusão intrapartícula é uma característica mecanística importante na interação membrana-BSA. Foi observado que as membranas de quitosana modificadas são promissoras para uso em processos que demandam interação de proteínas em meio aquoso.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2222651 - ANTONIO REINALDO CESTARI
Interno - 2243395 - ZELIA SOARES MACEDO
Interno - 2326669 - LUIS EDUARDO ALMEIDA
Externo ao Programa - 1658460 - VICTOR HUGO VITORINO SARMENTO
Externo à Instituição - KATLIN IVON BARRIOS EGUILUZ

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69