UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILA SILVA SANTOS
07/08/2018 15:22


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILA SILVA SANTOS
DATA: 27/08/2018
HORA: 14:30
LOCAL: SALA DO LICA
TÍTULO: “REDUZIR, REUTILIZAR E RETUITAR: Instituto Akatu, comunicação ambiental e o discurso do consumo consciente nas mídias sociais”
PALAVRAS-CHAVES: Comunicação ambiental; Discurso ambiental; Consumo consciente; Mídias sociais; Instituto Akatu.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
RESUMO:

A crise ambiental, simbolizada pelo fenômeno macro das mudanças climáticas, étalvez a maior questão social global contemporânea. Sua discussão atravessa todosos contextos socioeconômicos, nos quais tem ganhado, cada vez mais, visibilidade odeslocamento do foco de preocupação da produção para o consumo. Numasociedade em rede, marcada pela comunicação mediada pelas novas tecnologiasdigitais e pelo estatuto da hiperconexão, esta discussão circula de forma intensaentre os mais diversos atores sociais, estando presente nas modernas e popularesplataformas e sites de redes sociais eletrônicas. O presente estudo procura, a partirda Sociologia Ambiental e sob a perspectiva da Análise Crítica de Discurso, verificara Comunicação Ambiental realizada pelo Instituto Akatu. Esta Organização NãoGovernamental está presente e muito atuante nas chamadas mídias sociais, seempenhando em legitimar um discurso ambiental revestido de um apelo direcionadoao “consumo consciente”, que é efetivado em diferentes modalidades comunicativasatravés da Internet, com destaque para sua atuação nas principais plataformas deredes sociais amplamente utilizadas no Brasil. Para fins de análise, a pesquisapriorizará um corpus delimitado pelas publicações realizadas pelo Instituto no Twittere Facebook, apoiando-se em aplicativos de análise de dados, sobretudo o NVivo,para codificar postagens realizadas nos dozes meses do ano de 2017. De caráteressencialmente qualitativo, mas sem ignorar aspectos quantitativos relevantes, emuma primeira fase pretende-se estabelecer um comparativo da estratégia discursivado Akatu em ambas as plataformas, para então, em um segundo momento,procedermos a análise discursiva propriamente dita, de modo a compreenderaspectos constitutivos e pragmáticos desta matriz discursiva, sobretudo no âmbitodas atribuições de responsabilidade, na definição e delimitação da problemática doconsumo e de possíveis soluções sugeridas pela comunicação ambiental praticadapela ONG.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FÁTIMA PORTILHO
Presidente - 2460027 - JEAN FABIO BORBA CERQUEIRA
Interno - 308938 - SONIA AGUIAR LOPES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307