UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 08 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA GOMES BRITTO ARAGÃO
04/06/2018 16:03


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA GOMES BRITTO ARAGÃO
DATA: 08/06/2018
HORA: 08:00
LOCAL: LTA
TÍTULO: Tratamento de água produzida de petróleo utilizando meio adsorvente a base de resíduo da biomassa Moringa oleífera Lam
PALAVRAS-CHAVES: Tratamento de água, Água produzida, Meio adsorvente, Moringa oleífera Lam, Bioadsorção
PÁGINAS: 15
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Operações de Separação e Mistura
RESUMO:

Durante as suas atividades de exploração e produção, a indústria de petróleo gera efluente com alto efeito de contaminação, denominado de água produzida, e as alternativas usualmente adotadas para o seu destino são o descarte, a reinjeção ou reuso. Com isso, é necessário tratamento específico desta água a fim de atender as demandas ambientais, operacionais e da atividade produtiva que a utilizará como insumo. Este projeto visa a utilização da vagem da Moringa oleífera Lam e de seu carvão ativado para a remoção de óleos e graxas por adsorção em regime batelada. Este estudo revela que os experimentos de adsorção de óleos e graxas presentes na água produzida foram realizados com sucesso tanto para a utilização da vagem da Moringa oleífera Lam e o carvão ativado produzido através desta biomassa, tendo um percentual de remoção com a vagem de 91,19%, e de 99,92% com o carvão ativado. Conclui-se, então, que os adsorventes utilizados neste trabalho possuem excelente capacidade de adsorção para remoção de óleos e graxas na água produzida, sendo uma alternativa viável para a substituição dos utilizados atualmente nas indústrias petrolíferas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Interno - 2178474 - ROBERTO RODRIGUES DE SOUZA
Externo ao Programa - 3556338 - FABIO DE MELO RESENDE

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5