UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: LAIZA LIMA FONTINELE
03/04/2018 07:08


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LAIZA LIMA FONTINELE
DATA: 23/04/2018
HORA: 08:30
LOCAL: MINI AUDITÓRIO DO CCBS- CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO
TÍTULO: EFEITO ANTI-HIPERALGÉSICO DO (-)-α-BISABOLOL E DO COMPLEXO DE INCLUSÃO (-)-α-BISABOLOL/β-CICLODEXTRINA EM MODELOS DE DOR CRÔNICA
PALAVRAS-CHAVES: Terpenos. Dor neuropática. Inflamação. Citocinas. Microgliose.
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

A dor crônica é uma dor contínua ou recorrente, que excede o curso normal de recuperação para uma lesão ou doença. De acordo com a origem da dor crônica, ela pode ser classificada como inflamatória ou neuropática. A dor neuropática é caracterizada por anormalidades como disestesia, hiperalgesia e alodinia, interferindo na qualidade de vida. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito antinociceptivo e anti-inflamatório de -(α)-bisabolol puro e seu complexo de inclusão em β-ciclodextrina em modelos pré-clínicos de dor crônica. Assim, investigou-se a eficiência de complexação do BIS em β-CD por meio de Cromatografia Líquida de Alto Desempenho (HPLC). Os modelos de dor crônica foram induzidos por injeção de CFA (25 μl; i.pl.) e lesão parcial do nervo ciático (LPNC). Os animais foram avaliados quanto aos parâmetros comportamentais: hiperalgesia mecânica, hiperalgesia térmica, força muscular e coordenação motora. Além disso, avaliou-se as concentrações das citocinas TNF-α e IL-10, a expressão da proteína adaptadora de ligação de cálcio ionizado (IBA-1). Os animais foram tratados com BIS e BIS/β-CD (50 mg/kg, v.o.) ou veículo. A eficiência de complexação (EE%) de BIS em complexos de inclusão com β-CD é igual a 50% ± 0,19. BIS e BIS/βCD produziram uma redução significativa (p<0,001) na hiperalgesia mecânica em ambos os modelos de dor e redução significativa (p <0,001) e na hiperalgesia térmica. Não foram encontradas alterações na força muscular e nem na coordenação motora. Além disso, ambos os compostos inibem (p <0,05) a produção de TNF-α no nervo ciático e na medula espinhal e estimulam (p <0,05) a liberação de IL-10 na medula espinhal em camundongos induzidos com LPNC. Além disso, BIS e BIS/β-CD reduzem a imunomarcação IBA-1 em comparação com os camundongos tratados com veículo. Portanto, BIS e BIS/β-CD atenuam a hiperalgesia, modulam a liberação de citocinas e inibem a expressão de IBA-1 na medula espinhal no modelo LPNC. Além disso, os resultados mostram que a complexação do BIS em β-CD reduz a dose terapêutica do BIS. Podemos sugerir que o BIS é uma molécula promissora para o tratamento de dores crônicas como a neuropática.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3571566 - JULLYANA DE SOUZA SIQUEIRA QUINTANS
Interno - 1467719 - LUCINDO JOSE QUINTANS JUNIOR
Externo ao Programa - 3891712 - TIAGO COSTA GOES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5