UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CAROLINA VIANA SIMÕES
07/03/2018 07:40


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CAROLINA VIANA SIMÕES
DATA: 26/03/2018
HORA: 08:00
LOCAL: Laboratório de informática do DFA
TÍTULO: Avaliação do efeito fotoprotetor de medicamentos homeopáticos e seus efeitos preventivos contra o câncer de pele
PALAVRAS-CHAVES: homeopatia; fotoproteção; radiação UVA/UVB
PÁGINAS: 39
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A exposição à radiação solar, particularmente a radiação ultravioleta (RUV), tem uma variedade de efeitos nocivos à saúde humana. Alguns destes efeitos incluem queimaduras solares, eritema, edema, supressão imune, fotoenvelhecimento da pele e até câncer. Atualmente, o uso de protetores solares tópicos é o método mais utilizado de proteção contra danos causados por RUV, entretanto, estudos recentes mostram que a associação de agentes fotoprotetores sistêmicos pode ser benéfica na prevenção do fotoenvelhecimento. Neste contexto e considerando que o papel e a eficácia dos medicamentos homeopáticos para tratamento de tumores malignos é em grande parte desconhecido, os medicamentos homeopáticos podem ser uma alternativa na terapêutica relacionada à fotoproteção e ao câncer de pele, além de se tratar de medicamento de baixo custo e sem contra indicações. A partir disso e considerando uma carência existente na pesquisa com homeopatia, esse trabalho pretende avaliar o efeito fotoprotetor de um complexo homeopático e seus efeitos preventivos contra o câncer de pele causado por irradiação UVA-UVB. Os experimentos foram realizados em ratos Wistar que foram submetidos à radiação UVA/UVB com o intuito de causar lesões câncerígenas e foram tratados com um complexo homeopáticos contendo os medicamentos, Arsenicum album 5CH, Calêndula 3DH, Cantharis 5CH, Hydrastis canadenses 12CH, Raios de Sol 12CH, Thuya occidentalis 12CH. Foi avaliado o efeito fotoprotetor pela quantificação da cor da pele dos animais e determinação da presença da mieloperoxidase. Nas condições experimentais, o complexo com os medicamentos homeopáticos não apresentou proteção para alterações na cor da pele dos animais, mas apresentou diferença significativa nos níveis de mieloperoxidase em relação ao grupo irradiado que não recebeu proteção. Outros estudos são necessários.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2869627 - ADRIANA GIBARA GUIMARÃES
Interno - 1964297 - CRISTIANI ISABEL BANDERO WALKER
Externo ao Programa - 2312577 - LUCIANA NALONE ANDRADE
Presidente - 2030649 - MAIRIM RUSSO SERAFINI
Interno - 2027473 - MARCELO CAVALCANTE DUARTE

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5