UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 08 de Fevereiro de 2023

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA DO CARMO MENEZES DOS SANTOS
04/03/2018 19:46


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA DO CARMO MENEZES DOS SANTOS
DATA: 09/03/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Miniauditório do Departamento de Educação
TÍTULO: POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS NO ESTADO DE SERGIPE: análises sobre governo e gestão ambiental entre 1995 e 2010
PALAVRAS-CHAVES: Políticas Públicas. Gestão Ambiental. Governo
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

As políticas públicas ambientais se destacam como importante sistema de decisão, planos, metas e ações voltadas à gestão ambiental. Para isso, tornam-se indispensáveis o interesse público e a busca de resolução de problemas ligados ao meio ambiente. Essa pesquisa tem como objeto de estudo as decisões, ações, programas e projetos realizados pelo governo estadual sergipano entre 1995 e 2010. Busca-se analisar as contradições existentes, no período, em torno de confluências ou distanciamento de governo, como instituição executiva temporária do poder de Estado, na concretização de políticas públicas ambientais definidas pelo Estado brasileiro (UF). Essa pesquisa possui natureza descritivo-exploratória. A abordagem crítica de pesquisa e o método dialético dão suporte analítico e metodológico ao estudo. Utiliza-se, na organização e sistematização das informações, a pesquisa documental e a análise de conteúdo temática. Os resultados preliminares da pesquisa enunciam influência reduzida de políticas públicas nacionais em detrimento aos arranjos decisórios de governo no conjunto de ações, programas e projetos voltados à gestão ambiental em Sergipe. Percebeu-se que o predomínio de afinidades (ou não) entre agenda política federal e programa partidário local delineiam com maior ou menor definição a abrangência de ações do Estado na busca de resolução de problemas ambientais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2625648 - ANTONIO VITAL MENEZES DE SOUZA
Interno - 2579022 - GREGORIO GUIRADA FACCIOLI
Externo ao Programa - 2081939 - CHRISTIANE RAMOS DONATO
Externo à Instituição - CARLA TACIANE FIGUEIRÊDO
Externo à Instituição - MARCUS AURELIUS DE OLIVEIRA VASCONCELOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2023 - UFRN v3.5.16 -r18303-e3ba61daf4