UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 27 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: VERONICA DE BARROS SANTOS
20/02/2018 16:11


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VERONICA DE BARROS SANTOS
DATA: 27/02/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Seminário - Departamento de Computação/Espaço de Vivência da UFS
TÍTULO: “Condições de Acesso e de Permanência de Mulheres no Movimento Sindical”
PALAVRAS-CHAVES: Participação da Mulher no Movimento Sindical; Diferenciação de Gênero; Divisão Sexual do Trabalho; Vínculos Sociais
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Este estudo consiste em uma análise das condições de acesso e permanência das mulheres no movimento sindical. A temática está enquadrada nas discussões sobre a participação política das mulheres e o recorte é o movimento sindical. Considerando que os campos político e sindical foram tradicionalmente dominados pelos homens, e diante da crescente participação de mulheres, propormos investigar as condições de inserção delas nesses espaços. Para tanto, selecionamos como realidade a ser observada a categoria dos Técnico-Administrativos em Educação - TAE, formada pelos profissionais que compõem a esfera administrativa das instituições de ensino superior público brasileiro. Os quadros de representação sindical, antes compostos predominantemente por homens, aos poucos foram modificados pela presença das mulheres. Diante da constatação, propomos pensar os mecanismos que justificam tais mudanças. Enquadramos a análise sob duas perspectivas. Na primeira, localizamos a categoria dos TAE frente à instituição que a representa nacionalmente, a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil - FASUBRA Sindical. Nesse aspecto, analisamos a composição da direção nacional e das direções/coordenações dos sindicatos filiados, levando em consideração os percentuais e os lugares ocupados por homens e mulheres. Na segunda perspectiva, orientamos a pesquisa a partir de um dos sindicatos filiados, o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação da Universidade Federal de Sergipe – SINTUFS. Nessa perspectiva, conduzimos a análise com o objetivo de apreender as condições de acesso e permanência das mulheres no sindicato. O estudo foi norteado, principalmente, pelas abordagens da sociologia da militância e de gênero. Os principais conceitos e as noções empregados foram: trajetórias, carreiras, divisão sexual do trabalho, engajamento militante e vínculos sociais. Adotamos como estratégias metodológicas a consulta a documentos, a aplicação de questionário, a observação participante e a entrevista biográfica, com a finalidade de apreender as condições e lógicas próprias da organização sindical. Encontramos como resultados, a presença de muitas mulheres nas direções/coordenações dos sindicatos de base da FASUBRA. Contudo, identificamos que há diferenças em relação aos lugares ocupados por homens e por mulheres. Destacamos os vínculos sociais e algumas experiências encontradas nos itinerários das mulheres como mecanismo que servem para explicar a entrada e a permanência delas na liderança do sindicato. Entre os tipos de vínculos, os pessoais tiveram maior relevância, e as experiências educacionais foram os recursos mais significativos para o engajamento. Constatamos que, de modo geral, o aumento de mulheres no movimento sindical está associado à participação delas no mercado de trabalho brasileiro. Essa relação se confirma no âmbito geral dos quadros das direções da FASUBRA. O aumento das mulheres no SINTUFS está relacionado às questões diretamente ligadas à categoria profissional, por exemplo, a ampliação de cargos de nível superior na UFS nos últimos anos, e a estruturação, no ano de 2005, do plano de carreira dos cargos dos TAE. Na perspectiva das sindicalistas, a conscientização da necessidade de ocupação dos espaços políticos pelas mulheres e o compromisso com a classe trabalhadora motivaram o seu engajamento militante.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1494768 - MARCELO ALARIO ENNES
Externo à Instituição - MONIKA WERONIKA DOWBOR DA SILVA
Presidente - 1195417 - WILSON JOSE FERREIRA DE OLIVEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5