UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Novembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LAÍS FREIRE CORREIA
16/02/2018 11:41


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LAÍS FREIRE CORREIA
DATA: 15/03/2018
HORA: 14:00
LOCAL: PEQ
TÍTULO: ESTUDO DA REMOÇÃO DE METAIS TÓXICOS EM ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA EMPREGANDO MICROALGA Chlorella vulgaris
PALAVRAS-CHAVES: Chlorella vulgaris, tratamento de água, metais tóxicos
PÁGINAS: 10
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Processos Industriais de Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Processos Bioquímicos
RESUMO:

Considerada como essencial a vida, a água ao longo dos anos vem sofrendo drásticas mudanças, seja por ação natural quanto por ação humana. Essas mudanças influenciam diretamente tanto em seus consumidores quanto nas espécies aquáticas que nela sobrevivem, seja ela vegetal ou animal. A contaminação dos recursos hídricos aumenta a passos largos proporcionalmente ao desenvolvimento industrial e a urbanização. Dentre os principais contaminantes têm-se o alto índice de metais pesados, que na maioria das vezes são considerados como parâmetros de poluição. Diversas pesquisas têm sido realizadas visando a diminuição desse residual tóxico. Dentre elas destaca-se o uso de microalgas devido a facilidade de adaptação desses microrganismos e por compreenderem um recurso natural, reduzindo custos e apresentando grande percentual de redução desses metais. Contudo, a microalga Chlorella vulgaris apresenta uma gama de aplicação, apresenta excelente desenvolvimento e resistência a contaminações, e possui composição bioquímica riquíssima. Estudos apontam a sua forte interação com metais através de processos de biossorção em que é possível reduzir altos teores desses metais tóxicos de maneira simples e eficaz. Com o intuito de reduzir o consumo de produtos químicos e os impactos que podem ser prejudiciais à saúde, além dos gastos dispendiosos, o estudo em questão visa aplicar a biomassa da microalga Chlorella vulgaris como agente redutor de metais tóxicos na Estação de Tratamento de Água (ETA) Poxim pertencente a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO). A ETA-Poxim foi escolhida para a realização do presente estudo pela água bruta do Rio Poxim possuir caracteristicamente alto teor de alumínio, ferro e manganês.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2581604 - CRISTINA FERRAZ SILVA
Interno - 2178474 - ROBERTO RODRIGUES DE SOUZA
Externo ao Programa - 839.160.085-87 - DIEGO DE FREITAS COELHO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18154-6e174eae4e