UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 18 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: LUCAS BARBOSA DOS SANTOS
01/02/2018 15:05


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS BARBOSA DOS SANTOS
DATA: 23/02/2018
HORA: 15:00
LOCAL: SALA 2 - PPGAGRI
TÍTULO: ESTUDO DA DIVERSIDADE QUÍMICA E GENÉTICA DE Eugenia spp. NO ESTADO DE SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: pitomba de cágado, pitangatuba, planta aromática, óleo essencial, ISSR, conservação.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Os óleos essenciais são encontrados na maioria das famílias do reino vegetal dentre elas, Myrtaceae. O gênero Eugenia é um dos maiores desta família, se destaca por apresentar substâncias com princípios ativos com potenciais usos nas áreas farmacológicas, indústrias de alimentos, cosméticos, entre outro, no entanto muitas espécies ainda não foram caracterizadas quanto os constituintes químicos presentes nos óleos essenciais. Tendo em vista a importância das espécies desse gênero e a escassez de informações sobre elas. Este trabalho teve como objetivo analisar a diversidade química dos óleos essenciais e a caracterização molecular de Eugenia selloi (O.Berg) B.D.Jacks. e Eugenia subreticulata Glaz. do Estado de Sergipe. As análises foram feitas utilizando o GC / FID e ISSR (Inter-Simple Sequence Repeat), respectivamente. No total, 30 compostos foram identificados nos óleos essenciais, que se distribuíram dentro dos grupos químicos independentemente da espécie e do local de coleta. Pela análise de agrupamento, houve a formação de quatro grupos. O grupo 1, constituído por 4 plantas caracterizou-se por apresentar os compostos α-copaeno (19,06-22,91%), E-cariofileno (17,59-21,37%) e germacreno D (11,55-14,28%) como majoritários. O grupo 2, constituído por 11 plantas, apresentou δ-elemeno (2,60-21,18%), germacreno D (6,58-22,13%) e/ou biciclogermacreno (0-26,03%) como os principais compostos . O grupo 3, constituído por 9 plantas se caracterizou por apresentar espatulenol (18,09-49,61%) e/ou (Z,E)-germacrona (0-13,62%) como composto majoritário. O grupo 4, constituído por 7 plantas apresentando trans-β-elemenona (35,21-49,05%) como os principais compostos. Nas análises moleculares, a diversidade genética de Nei (He) variou de 0,25 a 0,29, com valor médio de 0,27 entre as diferentes espécies de Eugenia estudadas. O índice de Shannon (I) obtido variou de 0,37 a 0,44, com média de 0,40. O método UPGMA (método de grupo de pares não ponderado com média aritmética) dividiu as plantas em dois grupos, com uma evidente separação entre as espécies E. selloi e E. subreticulata, mostrando-se bem diferente do agrupamento químico. O conhecimento da diversidade química e genética de E. selloi e E. subreticulata, ilustrado neste estudo, podem contribuir para a conservação e utilização de recursos destas espécies, além de auxiliar em novos estudos para teste de potencialidades medicinais, farmacológicas e fitopatológicas, principalmente por possuírem constituintes químicos no óleo essencial em grande quantidade que podem apresentar atividade biológica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2241349 - ARIE FITZGERALD BLANK
Externo à Instituição - DANIELA APARECIDA DE CASTRO NIZIO
Externo à Instituição - JOSE BALDIN PINHEIRO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e