UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 30 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: ADRIANNE GARCIA CORRÊA SILVA
19/01/2018 17:47


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANNE GARCIA CORRÊA SILVA
DATA: 20/02/2018
HORA: 14:00
LOCAL: LABORATÓRIO DO PROPADM - SALA 47
TÍTULO: A REFLEXIVIDADE E A APRENDIZAGEM NO PROCESSO DE SENSEMAKING DE PRÁTICAS ESTRATÉGICAS: ESTUDO DE CASOS MÚLTIPLOS EM EMPRESAS JUNIORES DE SERGIPE
PALAVRAS-CHAVES: Práticas Estratégicas; Sensemaking; Reflexividade; Aprendizagem; Empresas Juniores.
PÁGINAS: 185
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

No mundo contemporâneo marcado por sistemas sociais, os praticantes da estratégia não são meros espectadores em suas práticas, mas são indivíduos reflexivos que têm capacidade de mudar os ingredientes da sua práxis. Por meio da reflexão, os praticantes são capazes de adaptar as práticas existentes, sendo inclusive capazes de inserir outros praticantes e outras práticas nesse ambiente. Trata-se de um processo dinâmico e que envolve a constante reflexão daquele que constrói as práticas no cotidiano organizacional. Para que haja reflexão, é necessária uma real experiência com o objeto em questão.Essa experiência ocorre de forma contínua, pois a interação entre o ser humano e as condições ambientais estão envolvidas nesse processo de vida. Assim, a experiência é um processo inerente a vida do ser humano e que desencadeia em respostas que são encontradas a partir dessa experiência de interação com determinado objeto. Refletir faz parte do processo de aprendizagem do ser humano, que está em constante contato com diversos ambientes e vivencia experiências ricas em informações. O ato de refletir e aprender guarda semelhanças com a criação de sentidos e novos significados. Com a intenção de contribuir com as perspectivas da reflexividade e da aprendizagem, este estudo visou entender como ocorrem esses processos na construção de sentido (sensemaking) nas práticas estratégicas de empresas juniores vinculadas à Universidade Federal de Sergipe. A pesquisa é de natureza qualitativa, do tipo descritiva e exploratória. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, focus group e observação não-participante. Em seguida, esses dados foram triangulados e analisados por meio da análise de narrativa. A narrativa busca compreender o fenômeno investigado por meio de estórias que são narradas em um determinado contexto social.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2026687 - LUDMILLA MEYER MONTENEGRO
Interno - 1654859 - MANUELA RAMOS DA SILVA
Externo à Instituição - SAMIR ADAMOGLU DE OLIVEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12838-31cfbbda77