UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 17 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: VALDINETE VIEIRA NUNES
11/01/2018 14:42


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VALDINETE VIEIRA NUNES
DATA: 02/02/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 2 do PPGAGRI
TÍTULO: Caracterização e conservação de sementes de mangaba (Hancornia speciosa Gomes)
PALAVRAS-CHAVES: Conservação ex situ, sementes recalcitrantes, soluções osmocondicionantes.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

O grande desafio é a conservação de recursos genéticos, sendo imprescindível a

caracterização, manutenção da viabilidade e a conservação de sementes, que exige para a maioria

das espécies vegetais ajustes metodológicos. A dificuldade desta conservação se amplia para a

conservação de sementes recalcitrantes, ou seja, sensíveis à dessecação e ao armazenamento à

baixas temperaturas, como é o caso da mangaba (Hancornia speciosa). Objetivou-se realizar a

caracterização física e fisiológica de sementes de mangaba, avaliar a viabilidade após o

armazenamento e sugerir protocolo de conservação de sementes para a espécie. Sementes

provenientes da despolpa manual e despolpa mecânica foram submetidas a análises da qualidade

física: determinação do teor de água, biometria, peso de mil sementes e teste de raios X; e qualidade

fisiológica: teste de germinação, primeira contagem, condutividade elétrica, comprimento e massa

seca de plântula. Para a conservação, procedeu-se a determinação da qualidade inicial do lote de

sementes e posteriormente o armazenamento em quatro diferentes soluções osmocondicionantes

pelos períodos de 0, 50, 100, 150 e 200 dias em condições de temperatura e luz controladas, com

avaliações periódicas. O teor de água das sementes foi superior a 50%, o peso de mil sementes

correspondeu a 254,25 g e os valores médios de comprimento, largura e espessura foram 9,98 mm,

8,21 mm e 3,97 mm, respectivamente. Independente do método de despolpa, 92% das sementes

foram classificadas como sementes cheias por meio das imagens radiográficas e obteve-se

germinação acima de 80%. Para crescentes períodos de armazenamento ocorre redução da

viabilidade das sementes independente da solução utilizada. O processo de despolpa mecânico não

causa danos expressivos à viabilidade das sementes que podem ser conservadas e apresentam

redução de 37% após 50 dias, 86% para 100 dias e não é possível a manutenção da viabilidade para

armazenamentos após 150 dias.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDREA DOS SANTOS OLIVEIRA
Externo à Instituição - MARÍLIA FREITAS DE VASCONCELOS MELO
Presidente - 2483844 - RENATA SILVA MANN

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e