UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TATIANA DAMASCENO DA SILVA
30/11/2017 16:01


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TATIANA DAMASCENO DA SILVA
DATA: 13/12/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório da Didática 2
TÍTULO: Escalas de avaliação da dor crônica em pacientes hospitalizados: uma revisão sistemática
PALAVRAS-CHAVES: dor crônica; medição da dor; hospital.
PÁGINAS: 64
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A dor é uma experiência angustiante associada a uma lesão tecidual real ou potencial com componentes sensoriais, emocionais, cognitivos e sociais, conforme definido pela Associação Internacional para o Estudo da Dor. No entanto, quando esta se torna crônica, pode gerar desconforto ao paciente. É considerada um problema de saúde pública em função da alta prevalência, do alto custo e do impacto negativo que pode causar na qualidade de vida dos pacientes e de seus familiares. Muitas são as técnicas aplicadas para o alívio da dor, porém as intervenções medicamentosas constituem a técnica mais amplamente aplicada no cotidiano. Considerando a subjetividade e a complexidade do fenômeno doloroso, sua avaliação e controle podem constituir um grande desafio para os pesquisadores e profissionais de saúde. A Agência Americana de Pesquisa e Qualidade em Saúde Pública e a Sociedade Americana de Dor descrevem a dor como o quinto sinal vital e a avaliação da dor é indispensável. Os instrumentos utilizados para avaliação da dor são constituídos por escalas, questionários, testes e outros métodos para avaliar a severidade e duração da dor em pacientes, com o principal objetivo de ajudar no diagnóstico e terapêutica. Atualmente há dois tipos de escalas para a mensuração da dor, que são as unidimensionais e multidimensionais. A seleção da escala mais adequada para a avaliação dependerá de condições específicas do paciente, de sua habilidade de comunicação e interpretação de indicadores comportamentais e fisiológicos de dor por parte dos cuidadores. O trabalho de validação de instrumentos é realizado a partir da análise das propriedades psicométricas deste. A psicometria dá o sentido das respostas dadas pelo avaliado durante a realização de tarefas, dessa forma os métodos de pesquisa em geral são aprimorados a partir da aplicação de procedimentos que possam comprovar a veracidade e aplicabilidade das análises psicométricas. Desse modo, a análise psicométrica compreende a avaliação da qualidade de um instrumento de medida baseada na prova de confiabilidade e de validade O presente estudo visa investigar a história de uso das escalas de avaliação da dor crônica em ambiente hospitalar. Para tanto, será realizada uma revisão sistemática da literatura sobre escalas de avaliação da dor crônica em ambiente hospitalar. Por fim, avaliar os principais instrumentos para avaliação da dor crônica utilizados na prática clínica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1964297 - CRISTIANI ISABEL BANDERO WALKER
Externo ao Programa - 2869764 - MÔNICA SANTOS DE MELO
Externo à Instituição - VERA MARIA SILVEIRA DE AZEVEDO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69