UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JULIANA DE GOES JORGE
22/11/2017 15:03


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JULIANA DE GOES JORGE
DATA: 12/12/2017
HORA: 13:00
LOCAL: Sala de treinamentos no Hospital São Lucas
TÍTULO: Influência da qualidade do sono no prognóstico de portadores de síndrome coronariana aguda.
PALAVRAS-CHAVES: Síndrome Coronariana Aguda; Apneia Obstrutiva do Sono; Sono; Transtornos do Sono; Qualidade de Vida
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Introdução: A Síndrome Coronariana Aguda (SCA), cujo principal substrato anatomopatológico é a aterosclerose, constitui uma das principais causas de morbimortalidade do mundo moderno. Os distúrbios relacionados à qualidade do sono (DRS), altamente prevalentes em adultos, são considerados fatores de risco independentes para o surgimento da doença cardiovascular (DCV). Objetivos: 1) Avaliar a associação entre SAOS diagnosticada pela polissonografia e SCA; 2) Investigar a influência da qualidade do sono no prognóstico de pacientes com SCA. Método: 1) Foi realizada revisão sistemática da literatura, mediante busca em bases de dados eletrônicas (PubMed - Medline, Scopus, SciELO, LILACS, Science Direct, CENTRAL Cochrane, Web of Science, PeDro e CINAHL). Além das supracitadas, foi também realizada busca em literatura cinza via Google Acadêmico e busca manual (handsearch) nas referências dos artigos selecionados. A busca sistemática foi realizada entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017. 2) Trata-se de um estudo observacional, prospectivo e transversal, utilizando-se 254 sujeitos admitidos, consecutivamente, com diagnóstico de SCA em hospital de referência cardiológica no período de julho de 2014 a outubro de 2016. Todos os voluntários responderam ao Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (PSQI), ao Questionário de Berlim (QB), à Escala de Sonolência de Epworth (ESE), ao Questionário de Qualidade de Vida Relacionado à Saúde SF-36, e foram seguidos quanto ao aparecimento de eventos cardiovasculares (ECV) durante o internamento, a partir de avaliação padronizada, administrada pelo pesquisador, associada aos dados do prontuário médico. Resultados:1) Foram incluídos 17 artigos nesta revisão, sendo 11 estudos do tipo coorte e 6 do tipo caso-controle. Todos os estudos consideraram a SCA ou uma de suas formas de apresentação como critério de inclusão e o Índice de Apneia-Hipopneia (IAH) obtido por meio da polissonografia como critério diagnóstico para a SAOS. Os resultados mostram que o IAH foi considerado preditor para a SCA (P<0,00001). A sonolência diurna foi associada a um maior risco de desenvolver SCA (P=0,0001). Além disso, os pacientes que durante o sono apresentaram a diminuição da SpO² acima de 4% (P<0,00001) e o tempo de sono em que a SpO² permaneceu abaixo de 90% (P<0,00001), mostram risco aumentado para a SCA. 2) Os pacientes foram internados com o diagnóstico de: angina instável (43,31%), IAM sem SST (37,01%) e IAM com SST (19,69%). Apenas 88 (34,65%) apresentaram boa qualidade do sono e 166 (65,35%) pacientes apresentaram qualidade do sono ruim. Constatou-se que a qualidade do sono ruim esteve associada à idade avançada (OR=1,04), ao sexo feminino (OR=3,14), à história familiar de DAC (OR=2,29), ao alto risco para SAOS (OR=3,08), à sonolência diurna excessiva (OR=2,83), à maior duração do sono (OR=0,54) e à diabetes mellitus (OR=0,36). Conclusão: Verificou-se associação entre a idade avançada, o sexo feminino, a história familiar, o alto risco para SAOS, a sonolência diurna excessiva e a menor duração do sono com a piora da qualidade do sono de pacientes portadores de Síndrome Coronariana Aguda. Assim como, existe associação entre Síndrome Coronariana Aguda e Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1243900 - JOSE AUGUSTO SOARES BARRETO FILHO
Interno - 1695058 - MARCO ANTONIO PRADO NUNES
Externo à Instituição - MARCOS ANTONIO ALMEIDA SANTOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69