UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 13 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUANA CALIANDRA FREITAS DE CARVALHO
20/11/2017 16:44


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUANA CALIANDRA FREITAS DE CARVALHO
DATA: 07/12/2017
HORA: 10:30
LOCAL: DTA
TÍTULO: OTIMIZAÇÃO DAS RESPOSTAS PÓS-COLHEITA DE MAMÃO (Carica papaya) UTILIZANDO REVESTIMENTO COMESTÍVEL CONTENDO NANOPARTÍCULA DE PRATA E EXTRATO DE CRAVO COMO AGENTES ANTIMICROBIANOS
PALAVRAS-CHAVES: Otimização, pós-colheita, nanoparticulas
PÁGINAS: 41
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Tecnologia de Alimentos
ESPECIALIDADE: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal
RESUMO:

O Brasil apresenta um desperdício de cerca de 30% da produção em perdas pós-colheita gerado pelo atual modelo de desenvolvimento agrícola. Estas perdas ocorrem em função de inúmeros fatores, tais como, colheita e transporte inadequados; ausência de classificação no beneficiamento dos frutos; falta de cadeia de frio; embalagens e falta de tratamentos auxiliares, como o uso de reguladores vegetais que retardam os processos relacionados à maturação e senescência dos frutos em pós-colheita e a aplicação de fungicidas que evitem doenças pós colheita. Os métodos normalmente empregados para a conservação de frutas intactas na condição pós-colheita, ou após alguma etapa mínima de processamento, fazem uso, prioritariamente, de refrigeração associada ou não a embalagens com atmosferas controladas e revestimentos comestíveis. Filmes comestíveis contendo nanopartículas com atividade antimicrobiana podem ajudar a controlar o crescimento de microrganismos patogênicos e deterioradores na superfície dos alimentos como o caso de frutas e hortaliças que são suscetíveis ao ataque de fungos e leveduras. A finalidade do trabalho será otimizar, através do Delineamento Central Composto Rotacinal - DCCR, a melhor formulação de resvestimentos comestiveis contendo alginato de sódio, quitossana, glicerol e nanopartículas de prata e extrato de cravo como agentes antimicrobianos através das respostas pós-colheita do mamão (carica papaya). Para avaliação das respostas pós-colheita serão feitas analises físico químicas de perda de massa, firmeza, acidez total titulavel, pH, sólidos solúveis totais, evolução da cor da casca e da polpa. A melhor formulação dos revestimentos encontrada será caracterizada através de analises de microscopia eletrônics de varredura, permeaçõa a vapor de água e absorção de água.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1548928 - PATRICIA BELTRAO LESSA CONSTANT
Interno - 2481282 - ALESSANDRA ALMEIDA CASTRO PAGANI
Externo ao Programa - 1460010 - MARCELO AUGUSTO GUTIERREZ CARNELOSSI

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b