UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 13 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CHRISTEAN SANTOS DE OLIVEIRA
14/11/2017 09:19


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CHRISTEAN SANTOS DE OLIVEIRA
DATA: 05/12/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Aula Laboratório de Flavor
TÍTULO: Determinação da Atividade Antioxidante e Caracterização do Perfil Metabolômico da Casca, Semente e Polpa de Diferentes Variedades Brasileiras do Abacate (Persea americana) por Cromatografia Líquida Acoplada à Espectrometria de Massa.
PALAVRAS-CHAVES: Fenólicos. Bioativos. Abacate. Cromatografia. Espectrometria.
PÁGINAS: 29
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Ciência de Alimentos
ESPECIALIDADE: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares
RESUMO:

A agroindústria mundial produz uma quantidade imensa de resíduos que são, em grande parte, descartados de forma indevida causando danos ao meio ambiente. À cada ano há um crescimento muito alto na área agroindustrial aumentando sua produção e por consequência a quantidade de resíduos. Dessa forma, faz-se necessário investigar possibilidades para reutilização desses resíduos, bem como avaliar se estes possuem qualidades nutricionais que possam ser aplicadas ao seu consumo. Neste contexto insere-se a fruta abacate (Persea americana), que possui um mercado consumidor mundial bastante expressivo e que chama atenção pela sua importância econômica na maioria dos estados brasileiros. Possuindo mais de 50 espécies conhecidas, o abacate tem como principais variedades brasileiras Quintal, Fortuna, Geada, Margarida e Breda. Havendo poucos estudos aprofundados com relação à composição química deste fruto, o presente trabalho propõe traçar o perfil metabolômico do abacate, expondo a presença de compostos bioativos em sua polpa e seus resíduos através de determinações clássicas de atividade antioxidante, teor de ácidos fenólicos e flavonoides totais e caracterização físico-química, assim como a identificação e quantificação desses compostos bioativos através de técnicas modernas e de alta precisão, como a cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à técnica de espectrometria de massas (LC-MS), utilizando diferentes analisadores, como o triplo quadrupolo (QqQ) e tempo de vôo (TOF).


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2481282 - ALESSANDRA ALMEIDA CASTRO PAGANI
Externo à Instituição - MARINA DENADAI
Presidente - 6330812 - NARENDRA NARAIN

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b