UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JANES SANTOS SILVA
05/10/2017 08:43


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JANES SANTOS SILVA
DATA: 20/11/2017
HORA: 15:00
LOCAL: a definir
TÍTULO: RAPSÓDIA SERGIPANA: ESTAÇÕES DE LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL NUMA PERSPECTIVA DO ENSINO HÍBRIDO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
PALAVRAS-CHAVES: Ensino híbrido, tecnologias digitais, personalização do ensino, educação de jovens e adultos.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

Há muito se observa que as novas tecnologias trouxeram transformações à sociedade e com isso novas formas de interagir e de transmitir o conhecimento, além de colaborar efetivamente com os processos de ensino e aprendizagem. Nesse contexto, o ensino híbrido desponta como uma prática inovadora na educação, apresentando uma abordagem pedagógica, que combina atividades presenciais com atividades realizadas por meio das tecnologias, mas não se limita somente a isso, inclui toda uma possibilidade de aprender em diferentes espaços, tempos, atividades, metodologias e públicos, assim “podemos ensinar a aprender de inúmeras formas, em todos os momentos, em múltiplos espaços” (BACICH, 2015, p. 27). Em nossa pesquisa pretendemos demonstrar como esse tipo de ensino, que mescla o presencial com o virtual, adaptando a sala de aula convencional às novas tecnologias, pode ser utilizado na personalização das ações de ensino e de aprendizagem. Para isso, propusemos elaborar um conjunto de atividades a partir da combinação de momentos presenciais e on-line, que terá como ponto de partida o poema Rapsódia Sergipana de Stella Leonardos, a fim de redimensionar a metodologia tradicional, e apresentar um tipo de apredizagem inovadora que se utiliza do ensino híbrido, no modelo de “rotação por estações”, para ser trabalhada com uma turma de estudantes do Ensino Fundamental na modalidade EJA, IV etapa, (ou 9º ano). Assim esta pesquisa pretende analisar e discutir possibilidades do ensino híbrido na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, repensando o papel do aluno e do professor em sala de aula e em que medida essa nova forma de pensar pode representar uma mudança na prática social, a fim de potencializar a aprendizagem e desenvolver os estudantes para o exercício pleno da cidadania. Nessa proposta de aula híbrida, o poema Rapsódia Sergipana, de Stella Leonardos, além de resgatar a cultura sergipana também servirá como base para construção de um exemplo de aula híbrida em que o professor poderá contribuir para que a educação de jovens e adultos atenda à sua grande diversidade de grupos, e possa colocar em prática a personalização do ensino, utilizando-se das novas tecnologias. Considerando que a sociedade atual é vista como a sociedade da informação, e nela a Internet estabelece novas formas de comunicação, cabe à escola proporcionar a essa nova geração ferramentas para construir novos sentidos através da virtualidade. (MARCUSCHI, 2010). Autores e autoras como Stephanou e Bastos (2005), Lima e Moura (2015), Bacich (2015), e Christensen, Horn & Staker (2017), entre outros/as, integram a base teórica de nossa abordagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1543268 - CHRISTINA BIELINSKI RAMALHO
Interno - 1687732 - JEANE DE CASSIA NASCIMENTO SANTOS
Externo à Instituição - Anélia Montechiari Pietrani

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2