UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 30 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LARISSA SERAFIM ARAUJO
10/08/2017 23:07


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARISSA SERAFIM ARAUJO
DATA: 31/08/2017
HORA: 13:30
LOCAL: Mini auditório do CCBS do Campus de São Cristóvão
TÍTULO: Validação de intervenções de Enfermagem para o diagnóstico mucosa oral prejudicada em pessoas vivendo com AIDS
PALAVRAS-CHAVES: Diagnósticos de enfermagem. Aids. Mucosa oral prejudicada. NIC.
PÁGINAS: 27
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem de Doenças Contagiosas
RESUMO:

Introdução: A identificação dos diagnósticos é importante para o aprimoramento do cuidado às pessoas que vivem com HIV/aids, pois as intervenções tornam-se direcionadas aos problemas existentes, levando-se em consideração o contexto de cada paciente e os recursos que estes dispõem para alcançarem maior qualidade de vida . Objetivo: Validar o conteúdo das intervenções de enfermagem propostas na NIC, para o diagnóstico: Mucosa oral prejudicada a partir da ligação NIC- NANDA – I em pessoas vivendo com aids atendidas em Centros de Referência IST/AIDS. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo não-experimental, do tipo descritivo e exploratório para validar as intervenções de enfermagem relativas ao diagnóstico de enfermagem Mucosa oral prejudicada. Estudo do tipo validação de conteúdo, com base do modelo adaptado de Fehring o qual tem sido utilizado para validar diagnósticos de enfermagem, intervenções e resultados de enfermagem para um determinado diagnóstico. A presente investigação será realizada nos Centros de Referência em IST/AIDS das 27 capitais brasileiras, com enfermeiros que tenham experiência na assistência a pessoas que vivem com aids. Os sujeitos do Estudo serão os Enfermeiros que atuam na prática clínica dos Centros de Referência em IST/AIDS das capitais brasileiras. Resultados esperados: A pesquisa poderá possibilitar conhecer a realidade concreta no Brasil quanto a produção do cuidado de pessoas que vivem com aids e que tem o diagnóstico de mucosa oral prejudicada, e neste sentido, contribuir para a (re) construção de um novo modo de fazer saúde, pautado no cuidado baseado na utilização dos Sistemas de Classificação em Enfermagem, capazes de apontar para resultados efetivos nos cuidados prestados a essas pessoas, muitas vezes feito de maneira assistemática, o que leva a limitação dos resultados positivos obtidos no quadro de saúde das mesmas


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1643234 - LIGIA MARA DOLCE DE LEMOS
Interno - 2102691 - CRISTIANE FRANCA LISBOA GOIS
Externo ao Programa - 1241436 - JOSEILZE SANTOS DE ANDRADE
Externo ao Programa - 2027262 - ANNY GISELLY MILHOME DA COSTA FARRE

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12838-31cfbbda77