UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: LUCIO DA SILVA GAMA JUNIOR
08/08/2017 16:26


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIO DA SILVA GAMA JUNIOR
DATA: 28/08/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de Seminários
TÍTULO: Virtualização de Funções de Rede em Nuvem para Instituições Públicas
PALAVRAS-CHAVES: Virtualização de Funções de Rede, Computação em Nuvem, Desempenho, OpenStack.
PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Sistemas de Computação
ESPECIALIDADE: Teleinformática
RESUMO:

Em uma rede tradicional, todas as funções são implementadas em hardware e software específicos, que empregam tecnologia proprietária, de difícil interoperabilidade, configuração e operação. Além disso, a arquitetura de rede tradicional é inadequada para atender as crescentes demandas da Internet, que impulsionam a transformação da sua infraestrutura. A computação em nuvem e a virtualização de funções de rede (NFV - Network Function Virtualization) são tecnologias complementares que oferecem novas soluções para projetar, construir e operar redes, possibilitando a coexistência de múltiplas redes, agora virtuais, sobre uma mesma infraestrutura física. Apoiada nos benefícios que a computação em nuvem proporciona, as redes podem ser organizadas de forma mais flexível, com programabilidade e dinamismo de configurações. O objetivo deste trabalho é projetar e implementar um ambiente de experimentação inspirado nos paradigmas de computação em nuvem e NFV, que permita avaliar os impactos que a virtualização de funções de rede provocam em uma infraestrutura. Neste trabalho, estão detalhadas a implantação de uma plataforma de computação em nuvem de código aberto, o OpenStack, como ela pode ser utilizada para implantar o NFV e como ambos podem contribuir na criação de soluções aptas a atender as demandas originadas de infraestruturas de rede tradicional. Para validar o ambiente de experimentação, foi realizado um Estudo de Caso da migração do protocolo IPv4 para IPv6 em um ambiente de rede de instituições públicas, considerando dois cenários possíveis: uma rede tradicional e uma rede virtualizada. Os resultados alcançados permitiram constatar o quanto o ambiente criado é uma ferramenta importante para a realização de experimentos que permitam aos administradores de redes planejar, por exemplo, o período de transição e coexistência desses protocolos, possibilitando com que essa mudança nas redes de computadores possa ocorrer de forma mais suave.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1199645 - EDILAYNE MENESES SALGUEIRO
Interno - 2662198 - TARCISIO DA ROCHA
Interno - 1287477 - RICARDO JOSE PAIVA DE BRITTO SALGUEIRO
Externo à Instituição - PAULO ROMERO MARTINS MACIEL

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5