UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SUELEN DALBOSCO LINS
19/07/2017 10:19


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUELEN DALBOSCO LINS
DATA: 25/07/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: Avaliação da adesão a um programa de intervenção nutricional em pacientes após Síndrome Coronariana Aguda
PALAVRAS-CHAVES: Dieta Mediterrânea. Síndrome Coronariana Aguda. Dieta Saudável. Doença Cardiovascular.
PÁGINAS: 39
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO:

Introdução: Evidências científicas apontam que a adesão à Dieta Mediterrânea é fatorprotetor para diversos tipos de câncer, doenças cardiovasculares, envelhecimento e obesidade.Este padrão dietético é essencial como medida preventiva e de tratamento para as doençascrônicas não transmissíveis, como a Síndrome Coronariana Aguda. Considerando aimportância da alimentação adequada no controle das doenças cardiovasculares, este estudoteve como objetivo avaliar a adesão a um programa de intervenção nutricional baseado nadieta do Mediterrâneo, em pacientes após evento de Síndrome Coronariana Aguda (SCA).Material e Métodos: A intervenção foi realizada após alta hospitalar em pacientes com SCA,atendidos nos hospitais de referência cardiológica no estado de Sergipe. Esta foi realizada pormeio de atendimento nutricional individualizado, no qual foi prescrito plano alimentarbaseado na Dieta Mediterrânea. Após 90 dias da primeira consulta os pacientes foramreavaliados.Resultados: A média do IMC teve redução significativa (p < 0,001) no intervalo entre aprimeira e a segunda avaliação, assim como as circunferências do pescoço e cintura.Observou-se uma correlação positiva (p < 0,001; r = 0,956) entre a adesão ao padrãoalimentar da DM e a redução do risco cardiovascular. Após a intervenção nutricional, ospacientes aumentaram significativamente a adesão aos padrões da DM.Conclusão: Foi observada a adesão ao programa de intervenção nutricional baseado na Dietado Mediterrâneo. A maioria dos pacientes da amostra do estudo apresentou inicialmenteíndices antropométricos de risco para recorrência de eventos cardiovasculares, sendo estesmelhorados após a adesão à intervenção nutricional realizada por profissional especializado.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1632071 - DANIELLE GOES DA SILVA
Interno - 1243900 - JOSE AUGUSTO SOARES BARRETO FILHO
Externo ao Programa - 2021286 - LILIANE VIANA PIRES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69