UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 29 de Novembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: VINICIUS FERNANDES MENDONÇA DANTAS
17/07/2017 16:19


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VINICIUS FERNANDES MENDONÇA DANTAS
DATA: 31/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Mini-auditório do CCET
TÍTULO: CONVERSÃO TERMOCATALÍTICA DE ÓLEO DE GIRASSOL SOBRE CATALISADORES HETEROGÊNEOS MICROPOROSOS TIPO BETA E FERRIERITA
PALAVRAS-CHAVES: Zeólita FER, Zeólita BEA, óleo de girassol, pirólise
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Tecnologia Química
RESUMO:

Devido à necessidade global pela descoberta de novos combustíveis em função da crescente escassez dos combustíveis fósseis, a cada dia vêm crescendo os investimentos para descoberta de novas fontes energéticas. Em meio a isso, os combustíveis oriundos de fontes renováveis têm-se estabelecido como uma forma aplicável e alternativa em relação aos combustíveis derivados do petróleo. O presente trabalho teve como objetivo a valorização do óleo de girassol através do processo de pirólise termocatalítica desse óleo utilizando catalisadores heterogêneos do tipo Beta (BEA) e Ferrierita (FER). Os catalisadores foram obtidos comercialmente nas formas sódica e amoniacal da Zeolyst International, sendo esses submetidos a processos de troca iônica e calcinação, a fim de se obter as formas ácidas H-FER e H-BEA. Os mesmos foram caracterizados por difração de raios-X (DRX) e adsorção de nitrogênio à 77K que mostraram que após os processos de troca iônica e calcinação os catalisadores apresentaram as estruturas características e com alta pureza. Os ensaios de pirolise térmica e catalítica do óleo de girassol foram realizados na faixa de temperatura de 25 a 900oC variando-se a razão catalisador/óleo em 10, 20 e 40% e todos os ensaios foram realizados em diferentes taxas de aquecimento de 5, 10 e 20 oC min-1. Os resultados obtidos mostraram que ambos os catalisadores foram mais eficientes na conversão do óleo de girassol em comparação com a pirólise do óleo de girassol puro, e que ocorreu uma influencia direta do aumento da conversão com a razão catalisador/óleo. Pode-se observar um melhor desempenho da zeólita H-BEA propiciando maiores conversões na mesma temperatura e temperaturas menores para o processo sob mesmas conversões. Através do estudo cinético pelo modelo de Vyazovkin verificou-se uma diminuição significativa nas energias de ativação do processo em cada faixa de conversão estudada. Foi observado que a zeólita H-BEA obteve melhores resultados com relação a redução na energia de ativação global (H-BEA<H-FER<óleo puro), sendo alcançado para uma conversão de 50% uma redução de cerca de 65 % de gasto energético em relação ao óleo puro.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1515782 - MARCELO JOSE BARROS DE SOUZA
Interno - 2222671 - PEDRO LEITE DE SANTANA
Interno - 1542165 - JOSE JAILTON MARQUES
Interno - 1958654 - JOAO BAPTISTA SEVERO JUNIOR
Externo ao Programa - 1307447 - PAULO HENRIQUE LEITE QUINTELA
Externo ao Programa - 2555266 - ANNE MICHELLE GARRIDO PEDROSA DE SOUZA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18154-6e174eae4e