UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LEA CRISTINA SILVA BOMFIM
21/06/2017 15:26


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEA CRISTINA SILVA BOMFIM
DATA: 13/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Laboratório de Pesquisa do PROPADM, CCSA 2, sala 47
TÍTULO: A CONSTRUÇÃO DO CRESCIMENTO EM EMPRESAS LIDERADAS POR MULHERES: UM ESTUDO DE CASOS MÚLTIPLOS EM EMPREENDIMENTOS SERGIPANOS
PALAVRAS-CHAVES: Crescimento de Empresas. Empreendedorismo Feminino. Teoria do Crescimento da Firma. Estratégias de Crescimento.
PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

O empreendedorismo é reconhecido como um instrumento de desenvolvimento e crescimento econômico, principalmente em economias emergentes. Nesse contexto as empresas de alto crescimento se destacam em razão do forte impacto que exercem sobre a economia gerando mais empregos e agregando valor econômico (IBGE, 2014). Ressalta-se que o empreendedorismo também é um fenômeno de gênero. Atualmente 51,5% dos empreendimentos iniciais e 42,5% dos estabelecidos pertencem a mulheres (GEM, 2016). Contudo, a literatura do empreendedorismo feminino vem suscitando a hipótese do baixo desempenho feminino ao afirmar que empresas de mulheres têm um crescimento inferior em comparação a seus homólogos masculinos, e por outro lado, evidencia-se motivações e objetivos que se sobrepõem a metas econômicas, revelando-se importantes para explicar o empreendedorismo em seu campo mais amplo. Diante disso, o objetivo desta pesquisa é analisar como ocorre o alto crescimento de empresas fundadas e lideradas por empreendedoras de empreendimentos sergipanos. O estudo é de natureza qualitativa, a estratégia de pesquisa utilizada será o estudo de casos multiplos, as evidências serão coletadas por meio de entrevistas semiestrutadas com proprietárias de empresas de alto crecimento e o tratamento dos dados será realizado por meio da Qualitative Comparative Analysis (QCA). Pretende-se, do ponto de vista teórico, contribuir para uma reflexão que extrapole pressupostos de teorias econômicas que associa o empreendedorismo somente a metas financeiras. Assim, espera-se poder subsidiar órgãos de apoio a empresas de pequeno porte e o governo no desenvolvimento de políticas para o empreendedorismo de mulheres, visto que quanto maior for o crescimento dessas empresas, maior o impacto sobre a geração de emprego e consequente desenvolvimento econômico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2026687 - LUDMILLA MEYER MONTENEGRO
Interno - 1654859 - MANUELA RAMOS DA SILVA
Externo ao Programa - 7426383 - RIVANDA MEIRA TEIXEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5