UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAROLINE SILVA DOS SANTOS
21/06/2017 13:15


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAROLINE SILVA DOS SANTOS
DATA: 17/07/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do Polo de Gestão
TÍTULO: Fatores determinantes das distribuição de Aves do Gênero Pyriglena
PALAVRAS-CHAVES: Modelo de Distribuição de Espécies; Perda de habitat; Fragmentação; Mudanças climáticas; MaxEnt
PÁGINAS: 20
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
SUBÁREA: Ecologia de Ecossistemas
RESUMO:

Os fatores que determinam distribuição geográfica dos organismos interagem dinamicamente em diferentes intensidades e em diferentes escalas, sendo o clima um fator importante em escala regional e a configuração do habitat em escala local. Alterações como a perda e fragmentação de habitat tem influência nos padrões de distribuição dos organismos, por exemplo, aves de hábitos florestais podem ter sua presença nos fragmentos afetada com a diminuição da cobertura florestal e o aumento do isolamento das manchas, o que pode levar a extinções locais. Dentre as principais abordagens para investigar padrões de distribuição de espécies, os modelos preditivos de distribuição de espécies têm sido os mais proeminentes atualmente, inclusive para o desenvolvimento de estratégias de conservação das espécies. Através de modelagem estatística, dados de ocorrência e condições ambientais locais, é possível prever a área de distribuição das espécies. Estes modelos podem ser Modelos de Nicho ecológico (ENM), que representam o nicho fundamental das espécies e Modelos de Distribuição de Espécies (SDM), que delimitam o espaço de distribuição geográfica da espécie. Entretanto, estas informações em escala de paisagem têm sido pouco exploradas em estudos envolvendo SDM. Por viverem em áreas bastante afetadas pela fragmentação e perda de habitat, as espécies aves do gênero Pyriglena são um bom modelo para SDM com a inclusão da estrutura do habitat, além de apresentar uma espécie em risco de extinção (Pyriglena atra). O objetivo deste estudo é utilizar a abordagem de Modelagem de Distribuição de Espécies para investigar a influência de fatores climáticos e em escala de paisagem sobre a distribuição geográfica atual e futura de aves do gênero Pyriglena. Os dados de ponto de ocorrência, as variáveis climáticas e o mapeamento de remanescentes florestais serão obtidos a partir de bases de dados disponíveis on-line. As análises de paisagem realizadas em Fragstats e no R environment, um modelo de distribuição atual e futuro para cada espécie será gerado a partir do software Maxent. Esperamos i) entender a distribuição geográfica das espécies do gênero Pyriglena; ii) avaliar a contribuição relativa das variáveis climáticas e as variáveis de estrutura do habitat sobre a distribuição das espécies estudadas; e iii) como os efeitos das mudanças climáticas e da paisagem terão influência sobre as distribuições futuras das espécies. Estas informações são fundamentais para subsidiar iniciativas de conservação, principalmente para P. atra.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDERSON AIRES EDUARDO
Externo à Instituição - RAONE BELTRÃO MENDES
Presidente - 2019114 - SIDNEY FEITOSA GOUVEIA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15440-bf36319aa9