UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 30 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ADRIANNE GARCIA CORRÊA SILVA
09/06/2017 16:19


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANNE GARCIA CORRÊA SILVA
DATA: 04/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Laboratório de Pesquisa do PROPADM, CCSA 2, sala 47
TÍTULO: O PENSAMENTO REFLEXIVO NO PROCESSO DE SENSEMAKING DE PRÁTICAS ESTRATÉGICAS: ESTUDO DE CASOS MÚLTIPLOS EM EMPRESAS JUNIORES
PALAVRAS-CHAVES: Estratégia como Prática Social; Práticas Estratégicas; Sensemaking; Pensamento Reflexivo; Empresas Juniores.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

A abordagem da Estratégia como Prática Social propõe uma forma diferente de análise organizacional. O principal foco nessa perspectiva não são as organizações, mas os indivíduos que diariamente desenvolvem atividades e práticas estratégicas dentro da organização. Diante do interesse da Estratégia como Prática nos indivíduos envolvidos nesse processo, ressalta-se a importância de estudos relacionados ao processo cognitivo na construção de sentido (sensemaking) que norteia a tomada de decisões e demais práticas desses atores em situações cotidianas dentro da organização. Entende-se que, no cotidiano organizacional, as práticas exercidas por esses praticantes são fruto de um processo cognitivo previamente concebido. O poder de construção e interpretação da realidade pessoal de cada indivíduo o distingue dos demais, inclusive diante de pequenos detalhes. Essa pluralidade de sentidos na organização a enriquece socialmente, ao mesmo tempo em que gera a necessidade de um compartilhamento de sentidos, a fim de mitigar as ambiguidades de informações existentes nesse ambiente. Diante do exposto, o presente estudo tem como objetivo entender o processo de construção de sentidos (sensemaking), a partir do pensamento reflexivo, das práticas estratégicas de empresas juniores do estado de Sergipe. A pesquisa é de natureza qualitativa, do tipo descritiva e exploratória. Os dados serão coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, focus group e observação não-participante. Em seguida, esses dados foram triangulados e analisados por meio da análise de narrativa. A narrativa busca compreender o fenômeno investigado por meio de estórias que são narradas em um determinado contexto social.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1791750 - FLORENCE CAVALCANTI HEBER PEDREIRA DE FREITAS
Presidente - 2026687 - LUDMILLA MEYER MONTENEGRO
Externo à Instituição - SAMIR ADAMOGLU DE OLIVEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12838-31cfbbda77