UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 19 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: CLAUDIO JUNIOR NASCIMENTO DA SILVA
03/05/2017 19:53


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLAUDIO JUNIOR NASCIMENTO DA SILVA
DATA: 30/05/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de Seminários, DCOMP/PROCC
TÍTULO: GOVERNANÇA E ALINHAMENTO ESTRATÉGICO DE TIC E NEGÓCIO NO ÂMBITO DAS EMPRESAS SERGIPANAS
PALAVRAS-CHAVES: Governança de TIC. Melhores Práticas. Planejamento Estratégico. Alinhamento Estratégico. Riscos. Comunicação e Transparência. Metodologia PETIC.
PÁGINAS: 108
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Sistemas de Informação
RESUMO:

Em um mercado cada vez mais competitivo, os recursos de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) são essenciais e estratégicos nas organizações. Atualmente, o uso das TIC é uma questão de sobrevivência do negócio. Da mesma forma que as organizações e o mercado estão em constantes mudanças, as TIC estão em constante evolução, não sendo mais concebível tratá-las apenas como recursos de apoio, mas também como um recurso estratégico - com riscos para o negócio e sendo conhecido por todos. Consequentemente, o emprego dos recursos tecnológicos deve estar alinhado com os objetivos do negócio. Faz-se necessário, então, identificar como as organizações estão promovendo o alinhamento das estratégias de TIC com as estratégias do negócio e como estão sendo tratadas as questões dos riscos e da comunicação e transparência de TIC. O presente trabalho investigou, após a aplicação de um questionário eletrônico (survey) aos Chiefs Information Officer sergipanos, como as práticas de Governança de TIC são adotadas pelas empresas e como se encontram o planejamento e o alinhamento estratégico entre TIC e negócio. Como resultado, observou-se uma carência das organizações na gestão de riscos, dos processos de comunicação e do alinhamento estratégico entre TIC e negócio, bem como se constatou que as principais práticas de Governança da TIC utilizadas foram Planejamento Estratégico de TIC próprio ou customizado, ITIL, PMBOK e BSC. Além das práticas de Governança de TIC citadas, existem outras metodologias e frameworks que propõem a gestão eficiente dos objetivos de TIC, alinhados com a estratégia da organização. Dentre elas, destaca-se a Metodologia PETIC desenvolvida pela Universidade Federal de Sergipe. Neste cenário, são propostas melhorias na Metodologia PETIC, incorporando ao seu escopo a gestão de riscos e gestão da comunicação e transparência de TIC, possibilitando uma avaliação de TIC eficiente e alinhada com os objetivos estratégicos do negócio. Para evidenciar e comprovar a suposição apresentada de que as melhorias propostas na Metodologia PETIC promovem uma gestão mais eficiente dos riscos e da comunicação e transparência de TIC, um estudo de caso foi aplicado em uma empresa sergipana e, por meio de análises qualitativas e quantitativas das métricas previamente definidas, constatou-se que houve significativa melhoria na elaboração do planejamento estratégico de TIC e na gestão dos riscos e da comunicação e transparência.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2217866 - ROGERIO PATRICIO CHAGAS DO NASCIMENTO
Interno - 2227110 - METHANIAS COLACO RODRIGUES JUNIOR
Externo ao Programa - 2550927 - JEFFERSON DAVID ARAUJO SALES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307