UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: JAMILLE SILVA MADUREIRA
27/03/2017 10:57


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAMILLE SILVA MADUREIRA
DATA: 12/04/2017
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de Seminários do DCOMP
TÍTULO: Avaliação de Equipes de Desenvolvimento de Software por Meio de Métricas Orientadas a Objeto
PALAVRAS-CHAVES: Avaliação, equipes de desenvolvimento, métricas de software orientadas a objeto, Métricas CK, Métricas MOOD.
PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Engenharia de Software
RESUMO:

Gerenciar um projeto de software é uma tarefa cada vez mais complexa à medida que as exigências sobre o produto final aumentam. O ambiente competitivo no mercado de software e as necessidades dos clientes exigem que os desenvolvedores de software tenham preocupação cada vez maior na satisfação do usuário como uma medida da qualidade do produto final. Assim, é preciso um gerenciamento eficaz desde a concepção do projeto até a manutenção do software. A equipe de desenvolvimento é um dos recursos mais relevantes para o êxito dos projetos, mas também é onde frequentemente são encontrados os maiores problemas. O uso de métricas é uma forma de ajudar a equipe do projeto a atingir os seus objetivos e metas. O objetivo deste trabalho foi utilizar métricas de software para avaliar equipes e indivíduos, analisando o desempenho atual dos desenvolvedores. Para atingir esse objetivo, nesse trabalho foram aplicados como instrumentos de pesquisa a revisão da literatura e o estudo de caso. A revisão da literatura propiciou descobrir valores referência para as métricas aplicadas, com a finalidade de estabelecer critérios que serviram de base para avaliar os softwares envolvidos na pesquisa. Após obter esses conhecimentos, foi aplicado o estudo de caso em duas empresas públicas locais e em exercícios com alunos de graduação de duas universidades. No total, foram avaliados treze softwares, sendo quatro desenvolvidos nas empresas e nove pelos estudantes. Para a aplicação das métricas, foi selecionada uma ferramenta que as coletasse automaticamente e fornecesse o resultado em um formato pronto para ser manipulado. Como resultado, foi constatado que a avaliação da qualidade do software por meio de métricas contribui efetivamente na gestão de projetos, pois indica suas falhas e onde deve ser melhorado. Também foram descobertas evidências de que ouso de métricas é útil na avaliação dos membros das equipes de desenvolvimento. Por meio doestudo de caso, descobriu-se que a composição da equipe é importante para o sucesso do projeto,pois a formação e experiência dos membros afetam diretamente a qualidade do software. Nestesentido, as métricas de software podem contribuir para acompanhar tanto o desenvolvimento doprojeto quanto nas decisões que causam mudanças na equipe.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1780222 - MICHEL DOS SANTOS SOARES
Interno - 2217866 - ROGERIO PATRICIO CHAGAS DO NASCIMENTO
Interno - 2227110 - METHANIAS COLACO RODRIGUES JUNIOR
Externo à Instituição - GLAUCO DE FIGUEIREDO CARNEIRO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69