UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 16 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GEOVANE DOS SANTOS
14/02/2017 17:20


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEOVANE DOS SANTOS
DATA: 24/02/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Laboratório de Flavor e Analises Cromatográficas - Sala de Aula
TÍTULO: ESTUDO SOBRE OS COMPOSTOS BIOATIVOS DO QUEIJO DE COALHO FABRICADO COM DIFERENTES ENZIMAS.
PALAVRAS-CHAVES: Queijo de coalho, alimento funcional, compostos bioativos, peptídeos bioativos e enzimas
PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
RESUMO:

Alimento funcional é conhecido pela caracterização de uma ou mais funções benéficas para o corpo. Além disso, possuem componentes necessários à nutrição humana, proporcionando, simultaneamente, a combinação de produtos comestíveis com moléculas biologicamente ativas. Os queijos podem ser considerados alimentos funcionais pela presença de peptídeos bioativos que exercem ação benéfica à saúde humana, agindo na prevenção de algumas patologias, como: hipertensão e câncer, além de sua capacidade nutricional. O queijo de coalho é produzido a mais de 150 anos na região nordeste do Brasil. Quando se iniciou a produção, utilizava-se coalho a base de estomago de pequenos animais silvestres, tais como, preás, mocos e bezerros. Esse
queijo apresenta em suas características sensórias: consistência semidura e elástica; textura compacta e macia; cor branco amarelado; odor ligeiramente ácido que lembra massa coagulada; crosta fina e sem trinca; não é comum a formação de casca; com ausência ou presença de pequenas olhaduras. Nutricionalmente, é rico em proteínas e aminoácidos essenciais. Além disso, constitui-se um alimento funcional pela presença de peptídeos que exercem funções, como: Anti-hipertensiva, antimicrobiana e antioxidante. Tendo em vista a importância do queijo de coalho para a região nordeste, o objetivo deste trabalho é estudar os compostos bioativos presentes no queijo de coalho elaborado com diferentes enzimas (renina, quimosina e actinidina), podendo desta forma incentivar a produção e consumo deste queijo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6330812 - NARENDRA NARAIN
Interno - 2481282 - ALESSANDRA ALMEIDA CASTRO PAGANI
Externo ao Programa - 351.730.948-69 - MARINA DENADAI

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b