UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 18 de Junho de 2024

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: LAURO PIRES XAVIER NETO
14/02/2017 09:59


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LAURO PIRES XAVIER NETO
DATA: 09/03/2017
HORA: 11:00
LOCAL: Sala de Aula do PPGED
TÍTULO: Análise do financiamento da educação no município de Aracaju/SE (2013)
PALAVRAS-CHAVES: Crise do Capital; Revolução; Educação; Financiamento da Educação; FUNDEB.
PÁGINAS: 151
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

A elaboração deste trabalho deu-se num momento de efervescência política e

de crise estrutural e intensa do sistema capitalismo de produção. A partir da

desarticulação deliberada da organização sindical e dos movimentos sociais, do avanço

das políticas neoliberais, do recuo da ideia dos partidos hegemônicos em estabelecer o

socialismo e do possível momento histórico do ascenso das massas, a tese central é de

que só o processo de transformação social radical poderá transformar a realidade

educacional brasileira, incluindo nessa lida o papel primordial do processo educacional

revolucionário que, dentro da estrutura escolar formal, só fará sentido se voltado para

insuflar as massas, denunciar e apontar as mazelas do sistema e for capaz de indignar os

sujeitos envolvidos no processo educacional (docentes, discentes, servidores e a

comunidade), com o intuito de fazer com que os mesmos reflitam sobre a possibilidade

de se engajarem num processo radical, universal e internacional de transformação

social. O problema de pesquisa está vinculado ao questionamento de com os processos

de formação educacional e de denúncia das mazelas do sistema, como por exemplo, a

corrupção e as políticas educacionais voltadas para os interesses do capital, podem

contribuir com o processo transformação social. Analisamos a política educacional do

Governo Federal, seus projetos e programas, buscando encontrar elos com as demandas

norteadas pelo capital. Os objetivos do trabalho foram: verificar a realidade social e

educacional brasileira; analisar os projetos sociais e educacionais de formação e

financiamento; compreender a realidade educacional, a partir das políticas de formação

de professores e financiamento de Aracaju/SE e verificar como um projeto neoliberal, a

partir do município de Aracaju/SE, atua no sentido de fortalecer os ditames das políticas

neoliberais. Com relação ao método científico do trabalho, optamos pelo materialismo

histórico-dialético a partir da categoria (pares dialéticos) Possibilidade-Realidade. A

metodologia adotada foi a análise, partir dos dados coletados no portal da transparência

e do TCE/SE, de todos os contratos, convênios, empenhos e pagamentos realizados no

município pesquisado, em 2013, e suas relações com recursos oriundos do MDE,

Salário Educação e FUNDEB. Analisamos também os discursos oficiais de gestores e

secretários de educação, com dados coletados a partir dos portais oficiais de

comunicação. Concluimos que no município de Aracaju/SE, parte considerável das

verbas da educação foi destinada para a iniciativa privada ou para projetos vinculados a

empresas, enfraquecendo a res publica, e fortalecendo projetos políticos neoliberais,

apontando assim que a estrutura política e econômica no Brasil não privilegia um

processo educacional voltado para a transformação social e que é preciso realizar uma

ruptura radical com essa forma de organização que se vincula em torno dos ditames e

interesses comerciais e políticos do capital.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - LUCAS VIEIRA DE LIMA SILVA
Externo à Instituição - MARIA DO SOCORRO XAVIER BATISTA
Interno - 1516500 - SILVANA APARECIDA BRETAS
Presidente - 6426599 - SOLANGE LACKS
Interno - 426615 - SONIA MEIRE SANTOS AZEVEDO DE JESUS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2024 - UFRN v3.5.16 -r19279-bcba364a3c