UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: MERCIA FREITAS ALVES
20/01/2017 10:23


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MERCIA FREITAS ALVES
DATA: 21/02/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 2 do PPGAGRI
TÍTULO: Estudo fitoquímico, genético e atividade antifúngica do óleo essencial de Myrcia lundiana Kiaersk
PALAVRAS-CHAVES: Myrcia lundiana, planta aromática, germoplasma, óleo essencial, ISSR, fitopatógenos.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
SUBÁREA: Fitotecnia
ESPECIALIDADE: Melhoramento Vegetal
RESUMO:

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi caracterizar quimicamente, avaliar a diversidade genética e a atividade antifúngica de quimiotipos de Myrcia lundiana coletadas no Parque Nacional da Serra de Itabaiana, munícipio de Areia Branca/SE. Grande diversidade química foi observada entre as plantas de Myrcia lundiana estudadas. Os compostos encontrados em maior quantidade foram ácido nerólico, neral, geranial, isopulegol, iso isopulegol, 1,8-cineol e β-pineno, que definiram a formação de três grupos de acordo com a composição química e análise de agrupamento. Trinta e cinco primers foram testados, e 20 deles foram polimórficos, resultando em 135 bandas polimórficas e informativas. As plantas foram divididas em três grupos através da análise de agrupamento pela média aritmética não ponderada e análise de estrutura. Na matriz de similaridade de Jaccard houve variação de 0,15 a 0,87. As plantas MLU-014 e MLU-015 apresentaram baixa diversidade genética com índice de similaridade de 0,87. Por outro lado, os pares de plantas MLU-007 e MLU-019, apresentaram alta diversidade, com índice de similaridade de 0,15. A diversidade genética das plantas M. lundiana é intermediária, e sua expansão é necessária. As plantas MLU-026 e MLU-028 são as mais adequadas para a seleção em programas de melhoramento, uma vez que representam claramente toda a diversidade presente nas plantas. Os óleos essenciais de três quimiotipos de M. lundiana: MLU-005, MLU-019 e MLU-022 e os compostos majoritários 1,8-cineol, isopulegol e citral (neral + geranial) exibiram atividade antifúngica sobre os fungos Lasiodiplodia theobromae, Fusarium pallidoroseum, Fusarium solani e Colletotrichum musae. Os óleos essenciais de quimiotipos de M. lundiana e seus compostos majoritários isopulegol e citral apresentaram potencial para o controle dos fitopatógenos, podendo ser considerados como uma alternativa aos fungicidas, uma vez que em concentrações mais baixas apresentaram efeito inibitório e fungicida frente a estes organismos


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2241349 - ARIE FITZGERALD BLANK
Interno - 2307480 - MARIA DE FATIMA ARRIGONI BLANK
Externo ao Programa - 1432726 - PAULO ROBERTO GAGLIARDI
Externo à Instituição - SHEILA VALERIA ALVARES CARVALHO
Externo ao Programa - 2354050 - VALERIA REGINA DE SOUZA MORAES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307