UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: GILVAN DA SILVA JESUS
15/12/2016 13:33


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GILVAN DA SILVA JESUS
DATA: 15/12/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de reuniões do Nippec
TÍTULO: CADERNOS NEGROS NA ESCOLA: LEITURA LITERÁRIA DE CONTOS AFRO-BRASILEIROS
PALAVRAS-CHAVES: Contos afro-brasileiros. História e cultura dos povos negros. Leitura literária. Questões etnicorraciais.
PÁGINAS: 118
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

Esta Dissertação de Mestrado Profissional em Letras intitulada Cadernos Negros na escola: leitura literária de contos afro-brasileiros, trata de uma proposta de trabalho com os contos afro-brasileiros contidos nos Cadernos Negros volume 32 e 34, publicado pelo grupo paulista Quilombhoje, visa discutir outras práticas de leitura, a fim de formar leitores competentes e proficientes sobre a história e cultura da população afro-brasileira e africana. Os sujeitos da pesquisa são 27 estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental, com idades entre 12 e 18 anos, matriculados em uma escola pública da rede municipal de Monte Santo – Bahia, do turno vespertino. Para realização deste trabalho, em primeiro lugar discutiu-se a importância da leitura na formação do leitor, por meio do texto literário amparado em bases teóricas que reforçassem essa ideia. Em seguida, apresentamos discussões teóricas acerca da literatura afro-brasileira, enquanto agente promissor na desconstrução dos estereótipos e no combate às práticas racistas e discriminatórias enfrentadas pela população negra, utilizando-se como pressupostos teóricos e metodológicos os contos “A infância de Daiane”, volume 32, de 2009, e “O anjo”, volume 34, de 2011, contidos nos Cadernos Negros. E, para chegarmos ao intento desta pesquisa, a proposta de trabalho foi desenvolvida durante as aulas de Língua Portuguesa, divididas em nove horas/aulas de cinquenta minutos. Nas três primeiras aulas foram realizados a leitura do texto não-verbal (imagem), que abordavam as questões etnicorraciais, no intuito de instigar o raciocínio dos discentes, mas ao mesmo tempo prepará-los para adentrar no texto verbal (escrito); na segunda etapa, realizou-se a leitura do conto afro-brasileiro “A infância de Daiane”; na terceira, deu-se continuidade com à leitura do conto “O anjo”. E, por fim, na quarta etapa, foram feitas as análises de dados coletados durante a aplicação da pesquisa. Destarte, os resultados confirmaram que a estratégia de leitura se apresenta inovadora por não ser uma leitura obrigatória, mas sim, uma leitura por prazer e vontade de desbravar conhecimento, especialmente as questões relacionadas à população afro-brasileira deste país.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1687732 - JEANE DE CASSIA NASCIMENTO SANTOS
Externo ao Programa - 6983610 - ADRIANA SACRAMENTO DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1545817 - MARIA BATISTA LIMA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2