UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: FÁBIO SILVA SANTOS
09/12/2016 10:27


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FÁBIO SILVA SANTOS
DATA: 09/12/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Miniauditório do Campus de Itabaiana
TÍTULO: LETRAMENTO LITERÁRIO NA EJAEF: COMO ABORDAR A AMBIGUIDADE SEXUAL NOS CONTOS DE CLARICE LISPECTOR
PALAVRAS-CHAVES: Educação de Jovens e Adultos; letramento literário; ambiguidades; identidades sexuais; contos de Clarice Lispector.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Literatura Brasileira
RESUMO:

Este TCF apresenta uma proposta de letramento literário para turmas da Educação de Jovens e Adultos do Ensino Fundamental a partir do debate em torno das identidades sexuais e da ambiguidade como esse tema é abordado por Clarice Lispector no livro A via crucis do corpo (1973). Esta proposta defende a seleção de textos literários para EJAEF com a finalidade de promover ações com o objetivo de garantir ao letramento literário a devida importância no processo de formação desses leitores. Nossa proposta foi construída por meio de uma pesquisa de campo, em uma escola do esta do Sergipe, no ano de 2016, que explorou a leitura da ambiguidade sexual nos contos de Clarice Lispector. No primeiro momento, mapeamos o horizonte de expectativa desses leitores; no segundo, incluímos o debate sobre as flexibilidades das identidades sexuais a partir do estudo do comportamento das personagens; no terceiro, propomos a reflexão de como as identidades sexuais são construídas no contexto social desses leitores. Metodologicamente, aplicamos os conceitos teóricos ligados à formação do leitor: “identidade literária”, de A. Rouxel, “letramento literário”, articulado por H. Cosson e por C. Gomes, “leitura literária” na EJA, defendida por M. Cruz. Quanto ao debate da construção da identidade sexual, tomamos como referência os estudos de M. Foucault, G. Louro e S. Hall, que defendem a transitoriedade da identidade com diversas possibilidades de reconfigurações sociais. Como resultado desta pesquisa, apresentamos um Caderno pedagógico de leitura que tem o objetivo de ampliação do horizonte de expectativa do leitor no que se refere à flexibilidade das identidades sexuais. Isso foi possível porque o leitor, a partir de seu horizonte cultural, assume a função de colaborador no processo de produção de sentidos para a obra literária. Desta forma, este trabalho busca ampliar o debate sobre métodos prazerosos para planejarmos nossas aulas de leituras literárias nas turmas do EJAEF.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 95283 - CARLOS MAGNO SANTOS GOMES
Externo à Instituição - MARIA DE FÁTIMA BERENICE DA CRUZ
Externo à Instituição - ELÓDIA CARVALHO DE FORMIGA XAVIER

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2