UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LYVIA DE JESUS SANTOS
28/11/2016 15:18


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LYVIA DE JESUS SANTOS
DATA: 10/01/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Centro de Pesquisas Biomédicas/HU
TÍTULO: Intervenção terapêutica de grupo no ciclo vital familiar diante do traumatismo cranioencefálico: construção, percepções e eficácia.
PALAVRAS-CHAVES: Traumatismo cranioencefálico. Psicoterapia de grupo. Estágio do ciclo de vida. Relações familiares. Cuidadores.
PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

Os acidentes de trânsito e a violência urbana constituem importantes problemas de saúde pública do século XXI, pelo elevado número de vítimas que geram. Ambos refletem não apenas nas perdas de vidas, mas também em sequelas, provisórias ou permanentes, dos sobreviventes e de seus familiares. Destaca-se o Traumatismo Cranioencefálico (TCE) como a morbimortalidade de alta frequência nos acidentes de trânsito, principalmente em veículos de duas rodas, e, também, nos índices alarmantes de violência urbana, por espancamento ou ferimento por arma branca e arma de fogo. A incidência é predominante no gênero masculino em idade produtiva. As consequências podem ampliar e culminar na vivência de conflitos familiares, os quais, por sua vez, podem ocasionar implicações para o estado funcional do indivíduo (tanto em aspectos físico, psíquico e social), e a sua capacidade para reinserção; disposição para vida independente e nas disposições sociais. Este estudo evidenciou o processo de assistência psicológica às famílias e às vítimas do TCE atendidas no ambulatório Reviva do Hospital Universitário, em Aracaju/SE, para compreender de que modo elas vivenciam suas percepções no contexto familiar, por meio de um grupo terapêutico e testar a eficácia da intervenção do grupo para o programa de extensão universitária voltada a reabilitação. Optou-se por uma pesquisa qualitativa, experimental, intervencionista sob a perspectiva da Teoria do Ciclo Vital. Como instrumentos foram utilizados ficha sócio-demográfica e o grupo terapêutico. A amostra foi aleatória, representada pelos familiares (n=10) e vítimas de TCE (n=10) atendidos no ambulatório de reabilitação Reviva, do Hospital Universitário da cidade de Aracaju/SE que aceitaram participar mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e da Cessão de Direitos para gravação de voz. Na composição do grupo, os integrantes tinham, entre si, convívio familiar. Foram construídos dois grupos terapêuticos homogêneos quanto ao número de participantes no qual foram discutidos temas relacionados ao cuidado, o cotidiano e o processo de inter-relação no convívio familiar e suas percepções. Os resultados foram analisados por meio da análise temática com os temas e suas respectivas categorias: Hospitalização e o retorno para casa; Percepção dos familiares e cuidador da vítima com TCE; O ciclo vital familiar e os desafios no TCE; Grupo de terapia como estratégia de enfrentamento dos desafios no TCE. Conclusão: constata-se que a vivência da família pós TCE afeta a estabilidade familiar e provoca conflitos, desencadeiam sentimentos que se mostram adaptativos, embora com prejuízo na relação familiar; o grupo de terapia auxilia nas inquietações nos cuidados dos pacientes de TCE e busca estratégias para enfrentar o convívio familiar; os saberes construídos nos grupos fortalecem sua própria autonomia, o sentimento de pertencimento, o alívio das angústias, contribui para a diminuição de riscos, enfrentamento das dificuldades diárias e o aumento na qualidade de vida; o grupo de terapia permitiu compreender a maneira manifesta de tornar visíveis as dificuldades encontradas e busca nas ações a contribuição para o desenvolvimento do convívio familiar.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1020259 - ARTHUR MAYNART PEREIRA OLIVEIRA
Interno - 1695058 - MARCO ANTONIO PRADO NUNES
Externo ao Programa - 424732 - MARIA BENEDITA LIMA PARDO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5