UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 30 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: THIALLA ANDRADE CARVALHO
24/11/2016 23:42


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIALLA ANDRADE CARVALHO
DATA: 15/12/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Sala 1, Didática II, Pav Superior, Campus da Saúde
TÍTULO: RISCOS E COMPLICAÇÕES ASSOCIADAS À INFECÇÃO DO SÍTIO CIRÚRGICO: UM ESTUDO DE COORTE
PALAVRAS-CHAVES: Infecção Hospitalar , Infecção de Ferida Operatória,Segurança do Paciente, Fatores de Risco: Enfermagem Perioperatória
PÁGINAS: 59
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
SUBÁREA: Enfermagem Médico-Cirúrgica
RESUMO:

Objetivo: Identificar a ocorrência de Infecção do Sítio Cirúrgico (ISC), os riscos associados e a sua correlação com permanência e mortalidade hospitalar em pacientes atendidos em um hospital de ensino localizado na região nordeste do Brasil. Método: estudo de coorte prospectivo, com coleta de informações contidas em prontuários e registradas em formulários de vigilância de eventos adversos durante o ano de 2015. Esses dados foram digitados e analisados em software Epi-Info7. As variáveis estudadas foram relacionadas aos pacientes, aos procedimentos e aos desfechos. Resultados: Foram avaliadas 752 fichas de vigilância de eventos adversos com uma incidência global de 4,52% de ISC. Foi encontrada uma associação estatisticamente significativa na análise univariada entre ISC e as variáveis: cirurgias contaminadas, cirurgias que não utilizaram técnicas videolaparoscópicas, pacientes com alteração sistêmica grave e com limitação funcional, Índice de Risco Cirúrgico (IRIC) ≥1 e nos procedimentos que não usaram a profilaxia microbiana conforme padronização do Serviço de Controle de Infecção Relacionadas à Assistência (SCIRA) da instituição. A associação independente com a ISC foi observada para IRIC e para cirurgia intra-abdominal não especificada em outro local (IAB). Conclusão: Este estudo demonstra o significativo impacto dos fatores de risco para ocorrência de ISC e permite o estabelecimento de estratégias que melhorem a qualidade da assistência e a segurança do paciente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426676 - MARIA PONTES DE AGUIAR CAMPOS
Interno - 2178493 - MARIA CLAUDIA TAVARES DE MATTOS
Externo � Institui��o - IZA MARIA FRAGA LOBO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12838-31cfbbda77