UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 16 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: MARIA APARECIDA DA CONCEIÇÃO GOMES DA SILVA
26/10/2016 10:09


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA APARECIDA DA CONCEIÇÃO GOMES DA SILVA
DATA: 04/11/2016
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 02 do pólo de gestão
TÍTULO: Análise de Indicadores da Produção Científica, Tecnológica e Artística do Instituto Federal de Sergipe-IFS
PALAVRAS-CHAVES: Conhecimento; Indicadores em ciência e tecnologia; Gestão da tecnologia; Inovação.
PÁGINAS: 83
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Esta pesquisa pretende analisar um conjunto de indicadores educacionais e de produção científica,

tecnológica e artística dos grupos de pesquisa vinculados ao Instituto Federal de Sergipe (IFS) a fim

de oferecer algumas pistas úteis para a definição de prioridades a serem implementadas por uma

política institucional de ciência e tecnologia em que ações de pesquisa, ensino e extensão estejam

integradas e articuladas com o desenvolvimento científico e tecnológico local, regional e nacional. O

escopo da investigação está estruturado pelos seguintes eixos: (i) levantamento de recursos

humanos do IFS; (ii) caracterização dos grupos de pesquisa; (iii) definição do perfil

educacional dos participantes dos grupos de pesquisa; (iv) levantamento da

produtividade científica, tecnológica e de inovação dos líderes dos grupos; (v)

identificação das parcerias institucionais desenvolvidas entre o IFS e o setor produtivo. Trata-

se de uma pesquisa do tipo quantitativa/qualitativa e analítica/descritiva que utilizou informações

extraídas dos currículos lattes e do Diretório dos Grupos de Pesquisa do Brasil (DGP), da plataforma

Lattes/CNPq, como fonte secundária de dados que foram coletados por meio de um instrumento

(questionário) composto de variáveis quantitativas e qualitativas. A amostra foi composta pelos

grupos de pesquisa atualizados e certificados pelo IFS e pelos respectivos líderes desses grupos. Os

dados resultantes das variáveis quantitativas estão apresentados em tabelas, enquanto que os gerados

a partir das variáveis qualitativas são analisados à luz da Análise de Conteúdo. Desse modo, busca-

se dar visibilidade aos desafios e avanços enfrentados pelos grupos de pesquisa do IFS a fim de

contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento de uma política institucional de ciência e

tecnologia. De acordo com os resultados, verificou-se que o IFS possui 52 grupos de pesquisa

certificados e atualizados, 205 linhas de pesquisa e 70 líderes de grupos distribuídos da seguinte

forma: graduação (02), mestrado (25), doutorado (40) e pós-doutorado (03), atuando nas áreas de

letras e artes, ciências biológicas, ciências humanas, ciências agrárias, ciências sociais aplicadas e

ciências exatas e da terra. Os grupos mantêm parcerias com onze (11) instituições, sendo sua maioria

(81%) concentrada nos estados da região nordeste. A maioria dos grupos (45%) atua na educação

superior. Apenas três (03) empresas pertencem ao setor privado, o que corresponde a (27%). Quanto

a forma genérica de remuneração, prevalece a parceria sem a transferência de recursos de qualquer

espécie, envolvendo exclusivamente relacionamento de risco.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426680 - GABRIEL FRANCISCO DA SILVA
Interno - 116.375.605-91 - ANA ELEONORA ALMEIDA PAIXAO
Externo à Instituição - SILVANITO ALVES BARBOSA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16078-e509258a73