UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: ADRIANA DE MELO FONTES
12/08/2016 17:19


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ADRIANA DE MELO FONTES
DATA: 30/08/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Seminários - Novo Prédio do PROCC/DCOMP
TÍTULO: TAXOPETIC: PROPOSTA DE UMA TAXONOMIA PARA A CLASSIFICAÇÃO DOS ARTEFATOS GERADOS PELA METODOLOGIA PETIC
PALAVRAS-CHAVES: Planejamento Estratégico (PE); Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC); Metodologia PETIC; TAXOPETIC; TAXOPETICWeb.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Sistemas de Informação
RESUMO:

Os avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) podem proporcionar diferenciais competitivos para as organizações. A busca de inovações pelas organizações exige melhores soluções para a garantia de qualidade e satisfação aos seus clientes. Nesse sentido, as organizações necessitam que o Planejamento Estratégico (PE) e as TIC estejam integrados e coerentes entre si. A Metodologia de Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação (PETIC) é um PE que auxilia gestores na identificação da maturidade dos processos de TIC e sua consequente melhoria. Por outro lado, o crescente número de estudos de caso da PETIC nas organizações tem destacado uma dificuldade de localizar e classificar os Artefatos PETIC gerados. Nesse contexto, a utilização de estruturas classificatórias (taxonomias) tem sido aplicada com sucesso para a classificação e a recuperação de informações. Este trabalho propõe uma taxonomia para dar suporte à Metodologia PETIC, denominada TAXOPETIC. Dentre as diversas abordagens técnicas para a construção de uma taxonomia, optou-se pelo uso das abordagens técnicas de Aganette (2010) e Bayona-Oré et al. (2014). Após a construção da TAXOPETIC, foi realizado um estudo comparativo entre essas abordagens utilizadas. Neste trabalho, também são apresentados os motivos pela escolha de uma dessas abordagens. Para testar a estrutura da TAXOPETIC, foi construído um produto de software chamado TAXOPETICWeb. Entre os resultados, ficou evidenciado que a TAXOPETIC consegue classificar os componentes dos Artefatos PETIC e que a TAXOPETICWeb permite o armazenamento, a classificação e a localização desses Artefatos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2685432 - ADICINEIA APARECIDA DE OLIVEIRA
Interno - 1780222 - MICHEL DOS SANTOS SOARES
Externo à Instituição - FRANCISCO MILTON MENDES NETO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5