UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: JÚLIAN KATRIN ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
30/06/2016 08:03


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JÚLIAN KATRIN ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
DATA: 19/07/2016
HORA: 08:30
LOCAL: Sala rute - Campus da saúde
TÍTULO: Conformidade dos cuidados de enfermagem relacionados ao manuseio do cateter vascular central
PALAVRAS-CHAVES: Qualidade da assistência à Saúde; Indicadores de qualidade em assistência à saúde; Cuidados de Enfermagem
PÁGINAS: 48
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

No cenário atual, a busca por melhor qualidade dos processos assistenciais

configura-se como um grande desafio para profissionais e instituições de saúde.

Diversos fatores são capazes de interferir nesta qualidade, dentre eles, o uso excessivo,

insuficiente ou inadequado de serviços, procedimentos e tecnologia em saúde. Os

cateteres venosos centrais - CVC são uma dessas tecnologias e tornou-se quase

indispensável nos serviços de saúde, em especial em Unidades de Terapia Intensiva.

Apesar das inúmeras vantagens advindas da sua implantação, o manejo inadequado

deste dispositivo pode ser responsável por diversas complicações. Para avaliar a

qualidade dos processos assistenciais frente ao manejo do cateter vascular central

devem ser implementadas estratégias de avaliação que visem à identificação das

conformidades desse cuidado. Indicadores são ferramentas que permitem conhecer e

avaliar esta realidade sendo capazes de traduzir a qualidade dos processos assistenciais

oferecidos pelos profissionais de saúde. Desta forma, o objetivo do presente estudo será

avaliar a conformidade da prática assistencial da equipe de enfermagem no processo de

manuseio do cateter vascular central antes e após intervenção educativa. Trata-se de

uma pesquisa ação, com análise pré e pós de uma intervenção educativa sobre as

conformidades das práticas assistenciais relacionadas ao manuseio do cateter vascular

central. Será realizado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Clínica de um Hospital

referência do estado de Sergipe. A casuística corresponderá às oportunidades de

observação da prática assistencial envolvendo o manuseio do cateter vascular central.

Por se tratar de uma amostragem observacional, optou-se pelo cálculo amostral por

eventos. Foi feito um levantamento, no local do estudo, para verificar o número de

procedimentos envolvendo a administração de medicamentos, a troca de equipo e a

troca de curativo realizados pela equipe de enfermagem e assim determinada a amostra

da referida pesquisa. A coleta de dados será desenvolvida em dois momentos

específicos, antes e após a intervenção educativa. A primeira coleta ocorrerá nos meses

de dezembro de 2015 a fevereiro de 2016, já a segunda ocorrerá de maio a julho de

2016, durante os três turnos de trabalho, manhã, tarde e noite. Os dados serão obtidos a

partir da observação direta de procedimentos envolvendo o manuseio do cateter

vascular central. Foram elaborados três instrumentos com base nas recomendações do

Guideline for Prevention of Intravacular cateter-related infections para coleta de dados e

estes serão organizados em planilha eletrônica criada no programa Microsoft Excel® e

analisada quantitativamente em números absolutos e percentuais. Os resultados serão

apresentados em gráficos e tabelas. As conformidades dos indicadores de processo

encontrados antes e após a intervenção educativa serão comparadas por meio de t de

Student para amostras pareadas ou o Wilcoxon Rank Test, onde apropriado. A

conformidade esperada será de 80%, considerada pelo índice de positividade de Carter

como uma assistência segura. Espera-se com este estudo, ampliar as discussões e

reflexões acerca da participação da equipe de enfermagem na qualificação dos

processos assistenciais, bem como elaborar estratégias educativas à equipe no sentido de

elevar os níveis de conformidade relacionados à manutenção do cateter vascular central

garantindo a qualidade do cuidado oferecida ao paciente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645148 - ELIANA OFELIA LLAPA RODRIGUEZ
Externo à Instituição - IZA MARIA FRAGA LOBO
Externo à Instituição - DAVID LOPES NETTO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307