UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 28 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: VANUSA MARIA DE SOUZA
15/06/2016 09:32


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANUSA MARIA DE SOUZA
DATA: 17/06/2016
HORA: 08:00
LOCAL: SALA MULTIUSO - PPGPI
TÍTULO: INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL NO BRASIL: INDICADORES DE DESEMPENHO E MECANISMOS DE FINANCIAMENTO ÀS ATIVIDADES INOVATIVAS
PALAVRAS-CHAVES: Inovação; Financiamento público; Desenvolvimento regional.
PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A inovação e o avanço tecnológico são considerados temas fundamentais para desenvolvimento econômico do país, estando diretamente relacionados ao aumento da competitividade das empresas. Isso se reflete inclusive quando a temática envolve o desenvolvimento regional, com implicações sobre a produtividade e o desempenho das empresas. Considerado os altos custos financeiros, bem como os riscos e incertezas inerentes ao processo de inovação, é fundamental observar as políticas de financiamento requeridas nesse processo, sobretudo com a participação de agências públicas de fomento. No Brasil, essas políticas são consolidadas a partir da Lei de Inovação (nº 10.973/2004) e da Lei do Bem (nº 11.196/2005), que buscam proporcionar um ambiente favorável à inovação no país. O presente estudo tem como objetivo analisar a evolução da inovação tecnológica, bem como do financiamento público às atividades inovativas regionais. Para isso, foi realizada uma análise estatística descritiva dos indicadores de desempenho das empresas inovadoras, a partir dos dados disponibilizados pela Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC), nas edições 2005, 2008 e 2011, e dos indicadores de financiamento à inovação, a partir dos dados extraídos da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), contemplando o período de 2005 a 2014. Os resultados comprovam a evolução positiva da inovação tecnológica em todas as regiões brasileiras – quanto ao número de empresas beneficiadas e ao volume de recursos concedidos –, porém os dados apontam maior concentração de recursos públicos para inovação na região Sudeste, seguida da região Sul, representando um percentual de aproximadamente 90% do total investido no Brasil, evidenciando que, em termos gerais, as políticas de apoio à inovação não foram capazes de reverter a evidente concentração regional, sendo relevante a continuidade dessas ações com foco na oportunidade de expansão para as regiões menos desenvolvidas no país.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 479.413.915-20 - JOSE RICARDO DE SANTANA
Interno - 2483844 - RENATA SILVA MANN
Externo ao Programa - 1699173 - FERNANDA ESPERIDIAO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2