UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: SUYENE CORREIA SANTOS
25/04/2016 08:38


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUYENE CORREIA SANTOS
DATA: 18/05/2016
HORA: 08:00
LOCAL: Sala de reuniões do DOCS
TÍTULO: SAINDO DO ARMÁRIO: REPRESENTAÇÃO DO PERSONAGEM GAY NOS FILMES DE ANIMAÇÃO “MARY E MAX” E “PARANORMAN”
PALAVRAS-CHAVES: Filmes de Animação; Homossexualidade; Cinema; Representação; Identidade
PÁGINAS: 153
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
SUBÁREA: Rádio e Televisão
RESUMO:

A presente pesquisa surgiu do interesse de investigar como ocorrem os modos de representação dos personagens gays no cinema de animação. Para verificar as características e especificidades dessas representações, elencamos como objeto de estudo os personagens Damian e Mitch, respectivamente, dos filmes de animação “Mary e Max” e “ParaNorman”, por terem sido os primeiros homossexuais assumidos dessa vertente cinematográfica. De início, buscamos sustentação teórica nos estudos de Stuart Hall, Michel Foucault e Judith Butler para compreendermos os conceitos de identidade, representação, sexualidade e gênero. Em nossa trajetória teórica, pareceu-nos pertinente observar como se configuraram as representações de personagens homossexuais no cinema hollywoodiano e no cinema de animação desde sua invenção até a contemporaneidade. Para tanto, contribuíram as pesquisas de Vito Russo e William Mann sobre a temática em questão. No campo do empírico, optamos pela Análise de Conteúdo, amparada pela Análise Fílmica, como abordagem metodológica e partimos de cinco categorias, embasadas nos aspectos comportamentais e psicológicos de Damian e Mitch, para chegarmos às respostas de três questionamentos: 1) quais tipos de representações surgem da mediação realizada pelo cinema de animação, especificamente, do corpus em questão? 2) essas representações permitem uma revisão dos espaços ocupados por esses grupos na sociedade ou reafirmam uma estereotipia? 3) qual o grau de importância desses personagens na trama e como eles se relacionam com os seus companheiros? Ao final das análises, concluímos que os modelos de representação dos personagens gays estudados são estereotipados e estigmatizados, alicerçados de algum modo no sistema hegemônico heteronormativo, ainda que reconheçamos a importância da visibilidade de personagens homossexuais em um produto cultural como o filme de animação, na abertura de caminhos para uma possível conscientização dos espectadores infanto-juvenis sobre diversidade sexual.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2159814 - RENATA BARRETO MALTA
Interno - 2019547 - GREICE SCHNEIDER
Externo à Instituição - ALBERTO DA SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307