UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 19 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SIMONE MARIA DA SILVA RODRIGUES
22/03/2016 09:21


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SIMONE MARIA DA SILVA RODRIGUES
DATA: 12/04/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Multiuso do PPGPI
TÍTULO: PROPRIEDADE INDUSTRIAL - LEI Nº 9.279/96 : RELAÇÃO ENTRE HOMEOPATIA/ALOPATIA E MARCAS DO RAMO FARMACÊUTICO EM ARACAJU/SE
PALAVRAS-CHAVES: Homeopatia; Marcas; Propriedade Industrial.
PÁGINAS: 84
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A homeopatia é uma especialidade médica, odontológica, veterinária e farmacêutica que existe a milhares de anos, em que foi tema de vários debates e discussões, desde seu surgimento até alcançar reconhecimento como prática médica reconhecida pelos órgãos oficiais. Considerada como sistema médico complexo de caráter holístico, baseada no princípio vitalista e no uso da lei dos semelhantes foi enunciada por Hipócrates no século IV a.C. e desenvolvida por Samuel Hahnemann no século XVIII. Em 2006, foi aprovado pelo Ministério da Saúde, a Portaria nº 971/2006, regulamentando a gratuidade do tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). Essa especialidade médica possui vários adeptos, porém, a maioria da população tem preferência pelo tratamento alopático, ou seja, aquele tratamento em que são ministrados medicamentos de ação química, com intuito de eliminar os sintomas e manifestações da doença. Consequentemente, a utilização de medicamentos químicos (aqueles produzidos em larga escala pela indústria), são mais consumidos pela polução e comercializados pela indústria. Diante desse cenário, verificou-se o atual cenário da homeopatia/alopatia e ramo farmacêutico em Aracaju, incluindo seu registro de marcas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Portanto o objetivo desse estudo foi realizar um mapeamento do uso da homeopatia e alopatia em Aracaju/SE, seus registros e marcas. Para consumar a pesquisa, foram realizadas várias visitas em órgãos oficiais da cidade, com intuito de colher informações sobre as farmácias e drogarias e em seguida aplicado 100 questionários junto a população de Aracaju. Observou-se que a maioria dos proprietários de farmácias e drogarias aberta na cidade dentro do prazo de aproximadamente 10 anos, não registraram suas marcas no INPI, e quando registram em geral tem a forma de apresentação mista. No tocante a homeopatia, constatou-se que 92% dos entrevistados, não tem conhecimento sobre o tratamento homeopático gratuito na rede municipal de saúde, grande parte da população não utiliza medicamentos homeopáticos ou realizam tratamento na área.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1290641 - GLAUCIO JOSE COURI MACHADO
Presidente - 2505136 - MARIO JORGE CAMPOS DOS SANTOS
Externo à Instituição - SHEYLA ALVES RODRIGUES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e