UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 19 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: CLEBESON CANUTO DOS SANTOS
09/02/2016 17:07


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEBESON CANUTO DOS SANTOS
DATA: 29/02/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Vídeo Conferência do PROEE
TÍTULO: PROPOSTA DE UMA METODOLOGIA PARA OBTENÇÃO DE VOCABULÁRIOS DE GESTOS INTUITIVOS PARA A INTERAÇÃO HOMEM-ROBÔ
PALAVRAS-CHAVES: Interação homem-robô, vocabulário de gestos, gestos intuitivos.
PÁGINAS: 113
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
RESUMO:

O desenvolvimento da robótica vem ganhando aceleração desde as últimas décadas, moti- vado principalmente pelo avanço da tecnologia, sobretudo dos computadores. No entanto, mesmo tendo tecnologia suficiente para criar robôs que possam participar do cotidiano das pessoas, a robótica ainda não se popularizou, haja vista que a maioria dos robôs adquiridos pelas pessoas ainda se enquadram na categoria de brinquedos, sistemas de monitoramento, dentre outros. A busca por esses tipos de robôs se deve ao fato de que seu repertório de tarefas é bem reduzido e predeterminado, o que acaba facilitando a interação entre usuários e robôs. Enquanto isso, robôs mais sofisticados, por possuírem um maior repertório de tarefas, acabam necessitando de mecanismos de interação mais complexos que, em sua maioria, só podem ser utilizados por pessoas especializadas.

Em outras áreas, como a informática, a interface de comunicação foi de fundamental importância para a sua popularização. Dessa maneira, a criação de interfaces amigáveis de comunicação entre pessoas e robôs pode ser a chave para que a robótica também possa ser amplamente difundida na sociedade atual. No entanto, não é qualquer interface que pode oferecer uma comunicação fácil e eficiente, para isso as mesmas devem ser o mais intuitivas possível, o que, segundo os estudos psicolinguísticos, pode ser alcançada por meio de gestos espontâneos. Logo, sabendo da dificuldade de se encontrar uma metodologia que ofereça a possibilidade de se obter vocabulários de gestos intuitivos, esta dissertação de mestrado propõe uma metodologia que, baseada na psicolinguística e nos estudos sobre HCI (do inglês - Human Computer Interaction), ofereçe facilidade no processo de obtenção de vocabulários de gestos intuitivos a serem utilizados na interação entre pessoas e robôs. Desta maneira, após a aplicação de tal metodologia, pôde-se perceber que a mesma, apesar de ser nova, além de poder levar a resultados tão bons quanto uma outra metodologia já utilizada e aceita em HCI, ainda possui diferenciais, como a possibilidade de obter vocabulários mais complexos, que podem levar a vocabulários de gestos mais intuitivos e possivelmente mais robustos. Além disso, ao submeter os gestos obtidos a um reconhecedor, obteve-se uma taxa de acertos de 83,78%, que mesmo não sendo alta, pode ser considerada boa, pois, uma vez que alguns gestos obtidos são realizados com os dois braços, a complexidade do reconhecimento é aumentada de maneria considerável. Logo, ao final desta dissertação, são apresentados vários trabalhos complementares a este, que devem ser realizados para que se possa avançar ainda mais na direção do desenvolvimento das interfaces intuitivas para a interação homem-robô.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1365912 - EDUARDO OLIVEIRA FREIRE
Interno - 2178222 - JUGURTA ROSA MONTALVAO FILHO
Externo ao Programa - 1911901 - LUCAS MOLINA
Externo à Instituição - RAQUEL FRIZERA VASSALLO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307