UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: MICHAEL OLIVEIRA DA CRUZ
05/02/2016 21:00


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MICHAEL OLIVEIRA DA CRUZ
DATA: 26/02/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de seminários do DCOMP [novo prédio]
TÍTULO: Sobre a similaridade de usuários para recomendação de caronas em sistemas computacionais
PALAVRAS-CHAVES: Mobilidade Urbana, caronas, agrupamento de usuários, similaridade de trajetória, similaridade de perfil demográfico e social
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Banco de Dados
RESUMO:

A falta de mobilidade urbana é uma grande preocupação da gestão pública em todo o mundo. Algumas políticas têm sido adotadas a fim de minimizar seus efeitos nas grandes cidades. Construção de rotas alternativas, melhorias e incentivo ao uso de transportes públicos, construção de ciclovias e estímulo ao uso de bicicletas são algumas dessas políticas. Uma prática que pode contribuir para a solução do problema é a carona. Carona consiste no ato de transportar gratuitamente num veículo pessoas que possuem trajetórias semelhantes. Embora existam algumas aplicações que se propõem a facilitar a prática de caronas, nenhuma dessas aplicações possuem funcionalidades de busca por usuários que possuem similaridades de trajetória e de perfil demográfico e social para posterior recomendação de caronas mais apropriadas. Neste trabalho, propomos uma abordagem inovadora, considerando peculiaridades do contexto do uso de caronas, que visa a descoberta de agrupamentos de usuários que possuem trajetórias semelhantes, usuários que possuem perfis semelhantes e agrupamentos de usuários que são similares considerando suas trajetórias e seus perfis. Elementos intrínsecos ao problema são formalmente definidos e uma primeira análise de complexidade para tempo de processamento foi realizada. Uma rede social de propósito específico para o compartilhamento de caronas foi modelada e implementada com respeito à abordagem proposta. O método para experimentação e avaliação da abordagem consistiu (i) na confecção de base de dados alimentada periodicamente em tempo real por dados de trânsito obtidos a partir de aparelhos de smartphone com GPS de voluntários em trânsito com seus automóveis, (ii) aplicação da abordagem proposta para geração dos agrupamentos de usuários a partir da base estabelecida e (iIi) aplicação da métrica Davies-Boulding Index, que indica o quão factível os agrupamentos são. Resultados mostraram a efetividade da abordagem para solução do problema se comparada a formas bem estabelecidas da literatura relacionada, como o K-means, por exemplo. Resultados da análise da base de dados também mostraram que algumas informações de trânsito podem ser inferidas a partir de ações de mineração. Por fim, a aceitabilidade de potenciais usuários da rede social foi medida a partir de questionário.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2527554 - HENDRIK TEIXEIRA MACEDO
Interno - 1335451 - ALBERTO COSTA NETO
Externo à Instituição - LUCIANO DE ANDRADE BARBOSA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69