UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: FRANCO JOSUE AMAYA SUAZO
02/02/2016 11:18


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCO JOSUE AMAYA SUAZO
DATA: 16/02/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Mini Auditório
TÍTULO: EFEITO DA CARBONATAÇÃO EM COMPÓSITOS CIMENTO-PÓ DE COCO
PALAVRAS-CHAVES: Compósito cimentício, partículas de pó de coco, carbonatação
PÁGINAS: 108
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

Este trabalho compreende dois estudos sobre a avaliação de compósitos cimento-pó de coco em condições de cura e de envelhecimento. Os compósitos foram caracterizados por difração de raios X, análise térmica, microscopia eletrônica de varredura com espectroscopia por dispersão de energia e foram avaliadas as suas propriedades físicas e mecânicas. No primeiro estudo, os compósitos foram submetidos ao processo de carbonatação acelerada durante as primeiras 48 horas de cura e, em seguida foram submetidos as condições de cura seca e saturada até 28 dias. Os resultados indicaram que os compósitos carbonatados tiverem uma absorção de água reduzida e aumento da densidade. Esses materiais apresentaram um aumento de 26% na resistência à compressão e de 16% no módulo de ruptura, em comparação com compósitos não carbonatados. A interação entre a diminuição do conteúdo de Ca(OH)2 e o aumento do teor de CaCO3 foi observada por análise termogravimétrica. No segundo estudo, os compósitos foram avaliados pelos métodos de envelhecimento natural externo e interno por até 6 meses e pela carbonatação acelerada por até 84 dias. O aumento das medições de resistividade eléctrica e de ultrassom durante o período de cura foi relacionado com o aumento nas propriedades mecânicas, redução da porosidade e o processo de hidratação dos compósitos. Os três tipos de envelhecimento apresentaram propriedades físicas e mecânicas similares, as medidas de resistividade elétrica foi relacionada com o aumento do teor de CaCO3 comprovado pela termogravimetria.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1338723 - ROSANE MARIA PESSOA BETANIO OLIVEIRA
Interno - 2222651 - ANTONIO REINALDO CESTARI
Externo à Instituição - WILSON ACCHAR

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5