UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THACIANA DOS SANTOS ALCÂNTARA
02/12/2015 14:27


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THACIANA DOS SANTOS ALCÂNTARA
DATA: 17/12/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório de Farmácia- Departamento de Farmácia- UFS
TÍTULO: Implantação de Serviços de Farmácia Clínica em um Hospital de Alta Complexidade: Análise Diagnóstica.
PALAVRAS-CHAVES: farmácia clínica, hospital, implantação de serviços de saúde, estrutura dos serviços, qualidade da assistência à saúde.
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Em hospitais, no momento em que o farmacêutico incorpora a prática clínica em sua rotina, várias barreiras e facilitadores influenciam a implantação dos serviços de Farmácia Clínica. Objetivos: Conhecer e compreender a percepção de um grupo de farmacêuticos e de informantes-chave sobre a implantação dos serviços de farmácia clínica em um hospital público de alta complexidade; Analisar a estrutura (física e recursos humanos) existente para o desenvolvimento dos serviços de farmácia clínica nesta instituição. Metodologia: O estudo foi estruturado em duas etapas. A primeira etapacorrespondeu a um estudo qualitativo, no qual foram realizados um grupo focal com 16 farmacêuticos e entrevistas com profissionais representantes das classes farmacêutica, enfermagem e médica. A análise dos dados foi feita por meio da técnica de análise de conteúdo. Na segunda etapa foi realizada a avaliaçãodainfraestrutura (Física e Recursos Humanos) necessária para assegurar a prestação dos Serviços de Farmácia Clínica no hospital. Resultados: Etapa 1- A gravação dos áudios do grupo focal e entrevistas foi integralmente transcrita e analisada. A percepção dos farmacêuticos e outros profissionais trouxe temas como percepção da situação atual, barreiras e facilitadores para o serviço, expectativas e requisitos para o sucesso da implantação. Etapa 2 – A avaliação dos recursos materiais foi considerada inadequada na maioria dos itens avaliados. Em relação às habilidades de comunicação, a impressão geral sobre as competências do farmacêutico para os serviços de Farmácia Clínica foi considerada regular (3) em uma escala de 1-5. Conclusão: O diagnóstico inicial permitiu analisar as necessidades de melhoria e fazer um planejamento adequado para a implantação dos serviços clínicos farmacêuticos. Nesta perspectiva, estes resultados podem apoiar a construção de um modelo diferenciado e replicável de implantação da Farmácia Clínica em hospitais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2502508 - DEBORAH MÔNICA MACHADO PIMENTEL
Presidente - 1334092 - FRANCILENE AMARAL DA SILVA
Externo ao Programa - 2928605 - GISELLE DE CARVALHO BRITO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69