UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: CRISTIANE MARGARETE DE JESUS
28/10/2015 10:45


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CRISTIANE MARGARETE DE JESUS
DATA: 29/10/2015
HORA: 10:00
LOCAL: NIPPEC - Campus de Itabaiana
TÍTULO: LETRAMENTOS ATRAVÉS DO CONTO CLÁSSICO E DE SUA ADAPTAÇÃO EM MANGÁ.
PALAVRAS-CHAVES: Leitura; Letramentos; Leitor; Conto; Mangá.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Língua Portuguesa
RESUMO:

Este Trabalho de Conclusão de Curso (TCF) está composto de uma parte dissertativa e de
atividades-produtos que foram desenvolvidos com o intuito de incentivar e possibilitar os
diversos questionamentos relacionados aos processos inerentes à promoção dos letramentos
necessários para educandos que cursam o último ano do Ensino Fundamental I,
principalmente, por perceber a importância da leitura e de sua compreensão para o sucesso
escolar e pessoal do educando. Para tanto, pensou-se em um trabalho que versasse a respeito
de contos clássicos e de suas respectivas adaptações em uma modalidade de HQ denominada
mangá. Intenciona-se com esse trabalho desenvolver habilidades leitoras além das
consideradas fundamentais em currículos do ensino da Língua Portuguesa, destinadas ao
quinto ano da Educação Básica. Assim, foram desenvolvidas estratégias para que os
educandos percebessem a importância da leitura e desenvolvessem habilidades inerentes à
leitura e à escrita, para a compreensão do mundo através da busca e encontro do sentido do
texto. Isto posto, esse trabalho é direcionado à formação de um sujeito leitor, responsável e
crítico, a partir do pensamento de Rouxel (2013) visto como um dos requisitos básicos para a
promoção do letramento, possibilitando a construção de sentidos do texto, como sugere Koch
(2013) quando informa que o leitor, por meio da leitura, busca pistas explícitas e implícitas
presentes no texto para através de seu conhecimento prévio poder (re)-significar o que é lido.
Para tanto, foram desenvolvidas atividades específicas que deram origem a três oficinas
destinadas à promoção do letramento e ao aprimoramento do processo da leitura, além de
permitir uma atuação mais efetiva do educando enquanto sujeito leitor e produtor de sentidos.
Esse trabalho foi desenvolvido em três fases, sendo cada fase composta por momentos
específicos de realização e manutenção das atividades. Assim, a primeira fase foi denominada
Plano da Oficina 1: Identificação das habilidades de leitura, a segunda fase denominada
Plano da Oficina 2: As personagens, os espaços e as ações no conto de fadas, e a terceira fase
denominada Plano de Oficina 3: A leitura do mangá e a construção do sentido. Como aporte
teórico, têm-se Barthes (1990), Coelho (2000), Koch (2013), Propp (1984), Rouxel (2013) e
outros autores de grande relevância.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1039769 - ANA MARIA LEAL CARDOSO
Presidente - 95283 - CARLOS MAGNO SANTOS GOMES
Interno - 2766893 - MARILEIA SILVA DOS REIS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2