UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 24 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SUYENE CORREIA SANTOS
03/09/2015 10:23


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUYENE CORREIA SANTOS
DATA: 17/09/2015
HORA: 10:00
LOCAL: Departamento de Comunicação - UFS (Campus São Cristóvão)
TÍTULO: SAINDO DO ARMÁRIO: REPRESENTAÇÃO DO PERSONAGEM GAY NOS FILMES DE ANIMAÇÃO “MARY E MAX” E “PARANORMAN”
PALAVRAS-CHAVES: Cinema; filme de animação; identidade cultural; representação; homossexualidade
PÁGINAS: 64
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
SUBÁREA: Rádio e Televisão
RESUMO:

Recortar o imaginário do cinema de animação é compreender melhor o processo pelo qual o cinema se relaciona e se comunica com os espectadores. Nesse processo, um conjunto de imagens e de representações que se referem ao cotidiano de grupos sociais é apresentado nas telas das salas de exibição cinematográfica, sendo construído um novo espaço simbólico onde são atualizados valores, sentimentos, emoções e fantasias.
Tendo em vista que o cinema de animação teve uma dinamização, nas últimas décadas, no que diz respeito à ampliação dos temas abordados, com personagens e narrativas mais complexas, tornando-se um excelente sistema de representação onde são produzidos significados e discutidas novas identidades. Esta pesquisa pretende analisar como são representados os personagens Mitch e Damian, respectivamente, dos filmes “Mary e Max” e “ParaNorman”, primeiros gays assumidos do cinema de animação voltado para o segmento comercial. Dentro da perspectiva teórica dos Estudos Culturais da comunicação, sobretudo do pensamento de Stuart Hall, e utilizando como metodologia o estudo da mise-en-scène, proposto por David Bordwell, e da poética do filme, aplicada por Wilson Gomes, desenvolveremos a análise da narrativa dos filmes de animação que compõem o corpus em busca de significados referenciais, explícitos, implícitos e sintomáticos, sempre com o objetivo de compreender de que maneira os personagens gays ali representados são trabalhados nas narrativas. Por meio dos dados apresentados, construiremos uma crítica de como se dá o processo de inserção desses sujeitos no imaginário social contemporâneo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2159814 - RENATA BARRETO MALTA
Interno - 2019547 - GREICE SCHNEIDER
Externo à Instituição - ALBERTO DA SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5