UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 02 de Fevereiro de 2023

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCO DE CARVALHO NOGUEIRA JÚNIOR
13/08/2015 11:28


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO DE CARVALHO NOGUEIRA JÚNIOR
DATA: 24/08/2015
HORA: 14:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: Alternativas tecnológicas para o uso sustentável de madeiras da Caatinga em cercas e currais no semiárido do baixo São Francisco
PALAVRAS-CHAVES: dendrocronologia; ecologia; anatomia da madeira
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A Caatinga, tida por muitos como bioma de pouco riqueza natural e baixo valor econômico para suas terras, apesar de encontrar-se em grande risco mediante a exploração de seus recursos naturais em especial à madeira que é utilizada para a construção e manutenção de cercas, cercados e currais, e a lenha/carvão para obtenção de energia tem-se revelado como ambiente de grande potencial para estudos e riqueza em espécies endêmicas. A exploração da Madeira na Caatinga representa um problema de sustentabilidade ambiental em face do esgotamento desse recurso, devido à devastação de suas matas e número reduzido de áreas de conservação nesse bioma. O objetivo geral desse trabalho é investigar alternativas tecnológicas para o uso sustentável de madeiras da Caatinga por meio de caracterização tecnológica e do crescimento das plantas que fornecem madeira para usos em cercas, cercados e currais no semiárido do baixo São Francisco. Foram estudadas madeiras de espécies de interesse econômico comumente utilizadas na Caatinga para a construção/manutenção de cercas, cercados e currais distribuídas na Bacia do São Francisco em áreas do semiárido baiano (Paulo Afonso). Foram visitadas propriedades rurais onde através dos seus proprietários obtivemos informações socioeconômicas, foram coletados dados quanto às madeiras utilizadas em suas cercas, cercados e currais, bem como amostras de Madeira (estacas) para fins de análise Anatômica, Dendrocronológica, Química e Física. As espécies estudadas foram a Anadenanthera colubrina (Angico), Caesalpinia pyramidalis (Catingueira), Handroanthus serrratifolius (Pau-d’arco-amarelo), Mimosa tenuflora (Jurema), Aspidosperma pyrifolium (Pereiro), Mimosa caesalpiniifolia (Sabiá), Schinopsis brasiliensis (Braúna) e Prosopis juliflora (Algaroba). Posteriormente serão determinados o teor de umidade e a densidade básica, porcentagem de alburno e cerne da madeira, análise morfológica de fibras e poros, composição química (orgânica) e de minerais presentes na madeira, propriedades mecânicas e físicas das madeiras, além da montagem dendrocronológica de séries temporais de anéis de crescimento para as espécies Schinopsis brasiliensis e Prosopis juliflora, em função da importância ecológica da Braúna (nativa) e qualidade de sua madeira, e capacidade adaptativa da Algaroba (invasora), bem como sua frequência de uso nas cercas, cercados e currais da Caatinga. Desse modo, pretendemos desenvolver nova tecnologia de manejo quanto à utilização de madeiras em cercas, cercados e currais para que possam aumentar o tempo de utilização desse recurso nessas propriedades a fim de reduzir a retirada de madeira na Caatinga.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 388007 - ADAUTO DE SOUZA RIBEIRO
Externo à Instituição - ANDERSON NASCIMENTO DO VASCO
Externo à Instituição - MARIANA ALVES PAGOTTO
Externo à Instituição - MARINOÉ GONZAGA DA SILVA
Interno - 2178474 - ROBERTO RODRIGUES DE SOUZA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2023 - UFRN v3.5.16 -r18291-d8b5d91c4a