UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 18 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: GREICE KELLY OLIVEIRA ANDRADE
15/07/2015 16:22


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GREICE KELLY OLIVEIRA ANDRADE
DATA: 30/07/2015
HORA: 08:00
LOCAL: SALA 1 - PPGAGRI
TÍTULO: Avaliação da Regeneração Natural em Área de Reflorestamento, no Município de Laranjeiras-SE.
PALAVRAS-CHAVES: Reflorestamento, chuva de sementes, banco de sementes, banco de plântulas.
PÁGINAS: 84
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A crescente exploração dos recursos naturais tem aumentado constantemente, e dessa forma

causa perdas da diversidade de espécies, promovendo prejuízos à sustentação da vida na área

afetada. Nessa perspectiva, inúmeras pesquisas têm sido voltadas a projetos de

reflorestamentos, aproveitando o próprio mecanismo de recuperação da floresta como chuvas

de sementes, bancos de sementes do solo e bancos de plântulas. A chuva de sementes é um

processo inicial que desenvolve a dinâmica, organização e estruturação da floresta. No

entanto, o banco de sementes é um dos fatores mais importantes para a recolonização natural

das áreas afetadas dando início ao processo sucessional. Por meio dessa regeneração natural,

um conjunto de indivíduos são capazes de ser recrutados para os estágios superiores. Dessa

forma, o presente trabalho foi realizado objetivando avaliar as estratégias de estabelecimentos

das espécies vegetais por meio da regeneração natural, numa área em reflorestamento, no

município de Laranjeiras-SE. Foram instaladas 30 parcelas (20m x 30m), e no centro dessas

parcelas foram instalados coletores (1m x 1m) para estimar a chuva de sementes. Para a

caracterização do banco de sementes, foi coletada, no mês de agosto de 2014 (correspondente

a estação chuvosa na região) e fevereiro de 2015 (estação seca), uma amostra de solo do

centro de cada subparcela (1m x 1m), através de um gabarito metálico (25cm x 25cm) que foi

introduzido no solo para remover uma camada de 5 cm. Na avaliação do banco de plântulas,

foram realizadas análises de altura e diâmetro das plântulas, entre agosto de 2014 (estação

chuvosa) e fevereiro de 2015 (estação seca), em subparcelas (1m x 1m) através de um

gabarito desmontável de PVC. Na chuva de sementes foram encontradas 7.788 sementes, na

qual a espécie Shinus terebinthifollius (aroeira) apresentou maior número de sementes

coletadas, com 6.799 amostras, com frequência de 87,84% em relação as outras espécies. A

síndrome de dispersão mais frequente foi a autocórica para as espécies Centrosema

brasilianum, Cassia grandis e Anadenanthera colubrina a síndrome de dispersão foi

zoocórica para as espécies Schinus terebinthifollius e Passiflora mansoi. No estudo do banco

de sementes, foram encontradas um total de 171 sementes. Nas análises por estação chuvosa e

seca do banco de sementes, a espécie Schinus terebinthifollius prevaleceu com maior número

de indivíduos na estação chuvosa. Contudo, prevaleceu a espécie Fabaceae sp na estação

seca. A distribuição das espécies por parcela foi heterogênea em ambas as estações, porém

apresentou uma melhor distribuição no período chuvoso. No estudo do banco de plântulas,

foram encontradas amostras pertencentes a 7 famílias e 13 espécies. A aroeira representou

28% das espécies amostradas, em seguida, Genipa americana com 20%. A estação chuvosa

apresentou melhor distribuição de plântulas ao longo das parcelas. O índice de regeneração

natural total na estação chuvosa foi maior para Genipa americana nas três classes de altura,

possuindo maior valor de importância. A estação seca obteve a aroeira como única espécie a

estar nas três classes de regeneração natural total, possuindo o maior valor de importância.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - MARLA IBRAHIM UEHBE DE OLIVEIRA
Interno - 2483844 - RENATA SILVA MANN
Presidente - 2350431 - ROBERIO ANASTACIO FERREIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e