UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: CARMEM SILVIA DE ALMEIDA
14/07/2015 15:34


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARMEM SILVIA DE ALMEIDA
DATA: 07/08/2015
HORA: 13:00
LOCAL: miniauditório
TÍTULO: “UM, DOIS, TRÊS: CRÔNICA!” – O TEXTO LITERÁRIO EM SALA DE AULA
PALAVRAS-CHAVES: Literatura; Leitura; Letramento literário; Crônica; Ensino.
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Língua Portuguesa
RESUMO:

O ensino de literatura pressupõe a formação de um leitor eficiente, tendo em vista que a leitura é um instrumento de compreensão e construção dos saberes e da consciência do ser e estar no mundo, atitudes desveladas, também, pela arte literária. Nessa perspectiva, assegurar aos estudantes o acesso e a apropriação dos recursos que constituem a linguagem literária, é, segundo Antônio Candido (1995), garantir um direito, o direito à literatura. Assim, esse TCF debruçou-se sobre abordagens teóricas de leitura, literatura e crônica, interessado em contribuir, através de uma proposta de leitura da crônica literária, para a formação do leitor do texto literário, a fim de que as especificidades dessa linguagem sejam capturadas pelos alunos, e eles possam significar o processo de ensino aprendizagem no qual estão inseridos. Para tanto este trabalho propõe uma intervenção pedagógica que contribua com a formação da leitura literária no Ensino Fundamental, através de metodologia de trabalho com a crônica em sala de aula, por meio do estudo dos recursos que conferem literariedade ao gênero em questão, sobretudo, as figuras e funções da linguagem, uma vez que esse gênero do cotidiano, além de cativante, pode ser tomado como representação próxima à realidade dos estudantes, atitude que coaduna com as orientações dos PCN. Elegendo dois focos temáticos principais, a crônica metalinguística e a crônica filosófica, apresentamos o estudo crítico de dois grupos de crônicas, selecionadas para exemplificar a metodologia aqui proposta. O trabalho está fundamentado, principalmente, nas orientações teóricas de Antônio Candido em suas abordagens sobre a importância da literatura para a formação do homem, e “orientações” para o ensino da crônica, na visão crítica de Massaud Moisés, Jorge de Sá e Afrânio Coutinho sobre o gênero crônica, bem como na proposta de letramento literário de Rildo Cosson e nas perspectivas de desenvolvimento e formação do leitor de Compagnon, Felipe Aliende e Mabel Condemarín.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1543268 - CHRISTINA BIELINSKI RAMALHO
Interno - 95283 - CARLOS MAGNO SANTOS GOMES
Externo ao Programa - 1039769 - ANA MARIA LEAL CARDOSO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e