UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: MARIA EDRIANA DOS SANTOS ROCHA
13/07/2015 11:25


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA EDRIANA DOS SANTOS ROCHA
DATA: 30/07/2015
HORA: 16:00
LOCAL: Campus Prof. Alberto Carvalho - miniauditório
TÍTULO: RETÓRICA, ARGUMENTAÇÃO E FACEBOOK: OUTROS OLHARES PARA A LEITURA E A ESCRITA NO ENSINO FUNDAMENTAL
PALAVRAS-CHAVES: Leitura, Escrita, Retórica, Argumentação, Facebook
PÁGINAS: 117
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
SUBÁREA: Língua Portuguesa
RESUMO:

O ensino de língua portuguesa, de modo geral, não tem cumprido com eficiência o seu papel de garantir a formação leitora e produtora de textos dos estudantes do ensino fundamental das escolas públicas. Tal constatação, evidenciada nos resultados das avaliações oficiais realizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a exemplo da Anresc/Prova Brasil, deu impulso à nossa busca por teorias que respaldassem a elaboração de uma proposta de ensino que contribua para favorecer o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias para a formação de um leitor e de um autor proficientes. Identificamos que, nas séries finais do ensino fundamental, os alunos apresentam sérias dificuldades em compreender, analisar, relacionar conteúdos e informações em textos do domínio do argumentar. Essa dificuldade se agrava no ato de produzir textos. Buscamos nas teorias do discurso as bases epistemológicas para este trabalho, com os neo-retóricos Perelman e Olbrechts-Tyteca (1996) e com Meyer (2008). Apoiaram, ainda, nossas discussões, a teoria da multimodalidade de Kress e Van Leeuwen, com Brito e Sampaio (2013); os estudos de gêneros discursivos/textuais, conforme Bakhtin, Bazerman, Marcuschi e Miller; as concepções de leitura, com Zilberman (2012), e de letramento, com Kleiman, bem como as adotadas pelos PCN e pelas avaliações oficiais. Tendo em vista o universo digital e multimodal, no qual os jovens estudantes estão inseridos, tivemos por objetivo pesquisar estratégias de leitura e escrita e elaborar uma proposta de ensino com ênfase em atividades de produção de textos do universo do argumentar, para o 9º ano do ensino fundamental, por meio do recurso à criação de um grupo do Facebook e da aplicação dos conceitos de retórica e argumentação em postagens autorais dessa rede social. Esta pesquisa resultou na elaboração de um caderno pedagógico para o professor, intitulado Retórica, Argumentação e Facebook: Práticas de Leitura e Escrita para o 9º Ano do Ensino Fundamental (esses assinalados em minúsculas). No contexto da complexidade dos fenômenos envolvendo o ensino de língua, bem como as diversas teorias sobre a linguagem, este trabalho se coloca apenas como uma abertura possível dos estudos de argumentação e persuasão, na perspectiva discursiva, voltados para o ensino de língua portuguesa no ensino fundamental, sem qualquer pretensão de esgotar as possibilidades de estudos nessa área. Pretendemos, portanto, contribuir para aproximar teorias do estudo da linguagem da prática real e diária de ensino da língua, na perspectiva do discurso, a fim de possibilitar aos estudantes o desenvolvimento de suas competências leitora e produtora de textos, recorrendo a um recurso tão utilizado por eles: a rede social Facebook.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2865742 - MARCIA REGINA CURADO PEREIRA MARIANO
Externo ao Programa - 1198351 - WILTON JAMES BERNARDO DOS SANTOS
Externo à Instituição - SONIA PINTO DE ALBUQUERQUE MELO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e