UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 08 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCOS FABIO FARIAS SOUZA
25/05/2015 09:12


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCOS FABIO FARIAS SOUZA
DATA: 01/06/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do CCET
TÍTULO: ESTUDO DO DESEMPENHO DE REATORES DE LEITO GOTEJANTE APLICADOS AO PROCESSO DE HIDRODESSULFURIZAÇÃO DO PETRÓLEO
PALAVRAS-CHAVES: Reator de leito gotejante; hidrodessulfurização; modelo heterogêneo
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Química
SUBÁREA: Processos Industriais de Engenharia Química
ESPECIALIDADE: Processos Orgânicos
RESUMO:

Petróleo cada vez mais pesado é atualmente processado para obtenção de combustíveis automotíveis altamente contaminados com enxofre, em que a combustão desses leva à geração de óxidos de enxofre. É bem conhecido que a emissão de SO2 do motor de veículos contribui amplamente para a poluição do ar. Portanto, as agências ambientais têm imposto regulamentações progressivamente mais rigorosas sobre combustíveis de transporte. O processo de hidrodessulfurização é um dos mais importantes processos na refinaria de petróleo para reduzir o teor de compostos de enxofre das frações de petróleo em altas temperaturas e pressões de hidrogênio. Nesse contexto, este trabalho apresenta um estudo do processo de hidrodessulfurização em reatores de leito gotejante, como técnica para o tratamento de petróleo. Para tanto, a modelagem matemática foi empregada, desenvolvendo-se um modelo unidimensional heterogêneo para um reator de leito gotejante, em regimes estacionário e transiente, bem como implementando-se os módulos computacionais para simulação. A princípio, simulações dos modelos em condições industriais típicas do processo, tais como: temperatura de 400ºC, pressão parcial de hidrogênio de 10 MPa, velocidade espacial horária liquida de 0,5 h-1 e razão hidrogênio-óleo de 250 m3/m3 foram realizadas. Os resultados da simulação permitiram analisar os perfis de concentração das espécies envolvidas no processo de hidrodessulfurização nas três fases (gás, líquido e sólido). Os perfis gerados com o modelo matemático mostraram-se em acordo com dados da literatura disponíveis sobre o comportamento de um reator de leito gotejante aplicado ao processo de hidrodessulfurização.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2222671 - PEDRO LEITE DE SANTANA
Interno - 1515782 - MARCELO JOSE BARROS DE SOUZA
Interno - 1715065 - ROGERIO LUZ PAGANO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5